fbpx

Ford anuncia PDV e ameaça demitir 2 mil trabalhadores de Camaçari (BA)

A Ford anunciou na última segunda-feira (14) o encerramento do terceiro turno de produção (noturno) a partir de março do ano que vem e abriu um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para “ajustar os níveis de produção à demanda de mercado”, segundo a justificativa da montadora, entre os funcionários da fábrica de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (BA).

A extinção do terceiro turno atinge cerca de 2 mil funcionários, sendo 45% da Ford e os demais referentes às empresas sistemas que produzem peças no complexo automotivo baiano. Os trabalhadores interessados em aderir ao PDV devem aderir no período de 4 a 15 de janeiro de 2016.

A Ford emprega atualmente cerca de 4.500 funcionários, sendo responsável pela geração de outros 6 mil postos de trabalho das empresas sistemistas do complexo.

Os trabalhadores de Camaçari denunciam ainda que neste início de dezembro foi anunciado um corte de mais de R$ 1800 no valor da Participação nos Lucros e Resultados.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top