Ford adota layoff para 1800 trabalhadores da fábrica de Camaçari (BA)

Ford adota layoff para 1800 trabalhadores da fábrica de Camaçari (BA)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Depois de anunciar o fim do terceiro turno de trabalho na fábrica da Camaçari, na região metropolitana de Salvador (BA), a Ford optou pelo regime de layoff para 1.800 trabalhadores. O grupo vai ficar afastado por cinco meses, a partir do dia 14 de março, e receberá parte dos salários pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Esta é a primeira vez que esse sistema foi adotado pela Ford na unidade de Camaçari. O FAT vai pagar o teto (R$ 1.500,00) e o restante do salário dos trabalhadores será pago pela Ford.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Inicialmente, o layoff dura cinco meses, podendo ser renovado pelo mesmo período. Neste tempo, o trabalhador precisa passar por cursos de capacitação profissional, oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e ter presença de pelo menos 75% na sala de aula. Ao final do período, se forem demitidos, os trabalhadores que aderiram ao layoff não terão direito ao seguro desemprego.

Segundo o comunicado, a empresa está implementando a suspensão temporária do contrato de trabalho (layoff) e irá manter o Programa de Demissão Voluntária (PDV). Até o momento, 347 trabalhadores optaram pelo PDV.

Inaugurada em outubro de 2001, a fábrica reúne a Ford e 23 parceiros, que fornecem sistemas para os veículos diretamente na linha de montagem. Nela são produzidos veículos como o Ka, nas versões hatch e sedan, um dos carros mais vendidos do Brasil, e o EcoSport.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora alerta para o caráter pernicioso do regime de layoff, usado na prática para chantagear o trabalhador e postergar demissões, deixando os trabalhadores completamente desprotegidos após o layoff e sem acesso ao seguro desemprego.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários