Farmacêuticos conquistam aumento real na Campanha Salarial 2018/2019

Farmacêuticos conquistam aumento real na Campanha Salarial 2018/2019

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Trabalhadores das indústrias farmacêuticas de Campinas, Osasco e regiões aprovaram nas assembleias de sexta e domingo (13/04 e 15/04) os itens negociados entre Fetquim e bancada patronal. Confira qual foi o resultado da Campanha Salarial 2018/2019

Trabalhadores das indústrias farmacêuticas de Campinas, Osasco e regiões aprovaram a proposta negociada pela Fetquim (Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico do Estado de São Paulo) com a bancada patronal e receberão reajuste de 2,5%, com aumento real de 0,93% para salários, piso e teto. As assembleias ocorreram na sede do sindicato em Osasco e no Centro de Formação e Lazer de Campinas nos dias 13/04 e 15/04, respectivamente.

Além disso, o auxílio alimentação será reajustado em 9,45% nas empresas com até 100 trabalhadores e em 10% nas empresas com mais de 101 trabalhadores. A Participação nos Lucros e Resultados (PLR) mínima tem reajuste de 7,5% para todas as empresas. Já o acesso a medicamentos foi reajustado em 2,43%.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Cláusulas sociais mantidas

Neste ano, a negociação da campanha salarial tratou apenas nas cláusulas econômicas. Ficam mantidas, portanto, todas as cláusulas sociais – muitas das quais impedem a aplicação da reforma trabalhista. Nas fábricas, os/as trabalhadores/as devem ficar atentos e procurar imediatamente o sindicato, caso ocorra qualquer movimentação por parte dos patrões na tentativa de mudar cláusulas e acordos já estabelecidos.

A Campanha Salarial do Setor Farmacêutica tem data base em 1º de abril. A Inflação acumula entre 1º de abril de 2017 e 31 de março de 2018 pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ficou em 1,56%. Assim, a proposta negociada garantiu não apenas a reposição das perdas inflacionárias no período como também um aumento de 0,93%.

São Paulo reúne em torno de 56 mil trabalhadores e trabalhadoras do ramo farmacêutico. É a primeira grande categoria que negocia com a patronal neste ano.

Confira como ficam os reajustes conquistados durante a Campanha Salarial 2018/2019

Reajuste: 2,5% até o teto (garante aumento real de 0,93%)

Teto: 2,5% – R$ 8.511,65, valor fixo de R$ 212,79

Piso até 100 trabalhadores: R$ 1.483,59 (2,5% reajuste)

Piso acima de 101 trabalhadores: R$ 1.669,84 (2,5% reajuste)

PLR até 100 trabalhadores: R$ 1.695,27 (7,5% reajuste)

PLR acima de 101 trabalhadores: R$ 2.352,10 (7,5% reajuste)

Auxílio Alimentação até 100 trabalhadores: R$ 220,00 (9,45% reajuste)

Auxílio Alimentação acima 101 trabalhadores: R$ 330,00 (10% reajuste)

Acesso aos medicamentos: 2,43% de reajuste

Fonte: Sindicato dos Químicos Unificados de Campinas e Osasco


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários