Exigimos: basta de violência contra as mulheres!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Saiba mais:
Pressione deputados da Comissão da Reforma da Previdência: acesse a lista!
→ Baixe o Jornal da Reforma da Previdência
 Vídeo (3 min.): Wagner Moura e Povo Sem Medo explicam a reforma da Previdência
→ Vídeo (2 min.): Desmascarando a Farsa do Rombo da Previdência


É grave a situação em que as mulheres são submetidas no Brasil pelo patriarcalismo e o capitalismo. Os números dão uma mostra dessa situação aviltante, ainda que as estatísticas  jamais vão expressar a dor e as consequências para a vida das mulheres, em particular a mulher trabalhadora.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Ao menos uma em cada cinco mulheres já sofreu algum tipo de violência por parte de homens, conhecidos ou não. Levantamentos realizados em 2010 apontavam cinco espancamentos a cada dois minutos. O estupro foi detectado pelo 9º Anuário da Segurança Pública de 2015 e vitimiza uma mulher a cada onze minutos.

Já o balanço realizado nos seis primeiros meses de 2015 do serviço Ligue 180 apontaram 179 relatos de agressão de mulheres por dia. Segundo o IPEA, no mesmo ano de 2013, houve um feminicídio (assassinato de mulheres) a cada 90 minutos.  

A violência contra as mulheres se materializa, ainda de inúmeras outras maneiras: nas múltiplas jornadas de trabalho, na sub-representação das mulheres nos espaços de decisão política, na retirada de direitos e na ausência do Estado. Fatores que atingem, principalmente, as mulheres pobres e negras.

“Por isso, o 8 de março segue atual e muito importante. Hoje, é fundamental todas as mulheres ocupando as ruas. Resistir, lutar e avançar! Se nós paramos, o mundo para”, conclui Vanessa Gravino, professora e da Direção Nacional da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora.

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários