fbpx

Empresa gestora fechará emergência do Hospital Regional de Biguaçu, Santa Catarina

A Organização Social São Camilo Sul, que administra o Hospital Regional de Biguaçu Helmuth Nas, anunciou que irá fechar o setor de emergência da unidade por falta de repasse de verbas do Estado. O setor foi aberto após ser firmado um contrato entre Estado e município de Biguaçu, que previa o repasse mensal de 800 mil reais para a contratação de 60 funcionários, abertura de emergência, além da garantia de que o Helmuth Nas se tornaria um hospital de retaguarda – que atende a demanda excedente de outras unidades de SC. Segundo os trabalhadores, as chefias dos setores já informaram que até sexta-feira (17/06), 50 funcionários serão demitidos.

A emergência foi aberta em março de 2016, após a criação do convênio entre Santa Catarina e município de Biguaçu. Desde então, o Estado não repassa a verba prevista e afirma que não poderá pagar, por falta de orçamento. A Organização Social que administra o Hospital manterá apenas os serviços de pequenas cirurgias eletivas.

O Hospital

A unidade foi inaugurada em agosto de 2015, construída com verba pública do município e entregue à empresa pública de caráter privado São Camilo. São 110 leitos administrados pela OS paulista.

Fonte: Sindsaúde-SC

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top