fbpx

Educadores do Pará participam de encontro estadual dos ‘Sem Terrinhas’

Educadores do Pará participam de encontro estadual dos Sem Terrinhas

Sintepp participa da abertura do XVII Encontro Estadual dos Sem Terrinha do Pará

O SINTEPP esteve na tarde desta segunda-feira (17) na abertura do XVII Encontro Estadual dos Sem Terrinhas, que ocorre no período de 17 a 19.10, na Universidade Federal do Pará, em Belém, e promove a integração e formação política e social entre crianças dos acampamentos e assentamentos de nosso Estado.

A programação, experimentada em diversas cidades brasileiras, “incluiu a socialização de experiências nas escolas dos assentamentos realizadas pelas crianças, sobre auto-organização, formação e mística, piquenique na escola, vivência coletiva no estudo, trabalho e diversão”, conforme informa o site do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, o MST.

A organização comenta também que “neste último período, as crianças Sem Terrinhas organizaram nas escolas o processo místico de motivação para aprofundar o diálogo sobre a infância no MST”. O Encontro Estadual faz parte da organização e motivação para Oficina Nacional em Brasília, rumo ao I Encontro Nacional dos Sem Terrinhas, que ocorrerá em 2018.

Ao SINTEPP a experiência de vivência com o MST representa o fortalecimento do movimento social no Pará e no Brasil e uma perspectiva pontual para o enfrentamento aos crimes agrários e a desigualdade sobre o controle de propriedades rurais, ainda tão lascivas nesta região. “Apostar na formação política é dar às nossas crianças e jovens a chance de olhar para o futuro sem as amarras da desigualdade. Apoiamos a livre organização do Movimento Sem Terra, clamamos pelo fim dos crimes e abusos do poder agrário, e apostamos em um futuro próspero e consciente para as próximas gerações. Vida longa ao MST, vivas às sementes do amanhã”, comemorou Mateus Ferreira, coordenador geral do SINTEPP.

Fonte: Sintepp


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top