Com crise, Ferraço diz que tramitação da reforma trabalhista está suspensa

Com crise, Ferraço diz que tramitação da reforma trabalhista está suspensa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

O relator da reforma trabalhista (PLC 38/17), no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB- ES), disse ao Globo que, diante da crise institucional vivida pelo governo, a tramitação do projeto no Senado Federal está suspensa temporariamente. Veiculou o jornal Extra online, do Rio. Antes da divulgação de que o presidente Michel Temer (PMDB) teria sido gravado dando aval à compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), a ideia era apresentar o relatório na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), já na semana que vem.

“A crise institucional é devastadora. Não tem condição de manutenção do calendário. Primeiro precisamos resolver a crise institucional. Tudo suspenso!”, disse.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail em nossa newsletter.

Ontem [quarta-feira (17)] à tarde, o senador estimou que a votação em plenário seria possível até a segunda quinzena de junho. Ele acumula a relatoria da matéria na CAE e na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado.

O governo pressionava por uma rápida tramitação das mudanças na legislação trabalhista porque pretendia votar a reforma da Previdência (PEC 287/16), em discussão na Câmara dos Deputados, apenas depois de aprová-la. Leia mais

Questionado se havia conversado com o presidente Temer sobre o assunto, Ferraço foi direto:

“Não vejo necessidade. Tenho convicção própria.”

Fonte: DIAP

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail em nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários