Cerca de 300 famílias ocupam o segundo latifúndio no MT em uma semana

Cerca de 300 famílias ocupam o segundo latifúndio no MT em uma semana

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Desta vez foi ocupada a Fazenda Mutum, em Glória D´Oeste. Mato Grosso é um dos Estados com maior índice de concentração fundiária, o que acarreta diversos problemas sociais e ambientais.

Cerca de 300 famílias Sem Terra ocuparam na manhã desta segunda-feira (20) a Fazenda  Mutum, no município de Glória D´Oeste, em Mato Grosso, a 320 km de Cuiabá.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Os mais de 2.600 hectares pertencem a Empresa LHS como arrendatária para plantio de teca (uma árvore originária da Ásia). Segundo os Sem Terra, a área apresenta crime ambiental por desmatamento de Área de Preservação Permanente (APP) e extração ilegal de madeira, além de não cumprir a função social. Por isso pedem a desapropriação para fins de Reforma Agrária.

As famílias que participam da ocupação são oriundas de diversos municípios da Região Sudoeste do estado, como Salto do Céu, Araputanga, Mirassol D´Oeste, Curvelândia, entre outros.

Segundo as lideranças do MST, Mato Grosso é um dos Estados com maior índice de concentração fundiária, o que acarreta diversos problemas sociais e ambientais.

Alegam ainda que a ocupação é consequência da concentração fundiária e da riqueza do Estado, somado ao desemprego que avança sobre os trabalhadores e trabalhadoras.

No último dia 13 de julho, outras 600 famílias também ocuparam a Fazenda Nossa Senhora Aparecida, no município de Jaciara (MT).

Os Sem Terra permanecem na área de cerca de 2.186 hectares, que apresenta irregularidades de títulos e responde a processo por problemas ambientais movido pelo Ministério Público Estadual.

Fonte: MST

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários