fbpx

Terceirização articles

Terceirização só serve para reduzir salários e direitos dos trabalhadores. Entenda porquê.

Terceirização só serve para reduzir salários e direitos dos trabalhadores. Entenda porquê

Terceirização só serve para reduzir salários e direitos dos trabalhadores. Entenda porquê

A terceirização é tão moderna que fará sempre prevalecer o interesse público e o bem geral da nação. Balela. Além de precarizar direitos, a terceirização vai ampliar a corrupção e os desvios de recursos públicos.

STF CONTRA OS TRABALHADORES: Terceirização é aprovada!

STF CONTRA OS TRABALHADORES: Terceirização geral e irrestrita agora tem aval da “Justiça”!

Por 7 votos a 4 o STF julga constitucional a terceirização geral e irrestrita. O julgamento de uma ADPF e um Recurso Extraordinário, ambos provocados por uma entidade patronal e uma empresa pela apequenada corte golpista brasileira terminou hoje com uma tragédia para a classe trabalhadora, o povo brasileiro e o futuro do nosso pais.

Empresas são condenadas em R$ 1 milhão por terceirização ilícita

Duas empresas, integrantes de um mesmo grupo econômico, foram condenadas a pagar R$ 1 milhão de indenização por danos morais coletivos causados por terceirização ilícita de motoristas de caminhão. A decisão é da 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região que reduziu o valor da indenização, que era de R$ 11 milhões.

Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho lista os direitos ‘usurpados do trabalhador’ na proposta de reforma trabalhista

Confira a nota pública que a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) divulgou no último dia 13/04, onde manifesta sua indignação com o relatório e o texto substitutivo de reforma trabalhista apresentados pelo relator da matéria, o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), na Comissão de Reforma Trabalhista, que deve ser aprovado nesta terça-feira (18/04).

Maria Maeno | Terceirização torna mais difícil entender e combater acidentes e doenças, alerta Maria Maeno

A médica Maria Maeno, especializada em Saúde do Trabalho, alertou em dezembro, no Previdência, Mitos e Verdades: se a “reforma” da Previdência defendida pelo governo Temer for aprovada, a menor proteção e maior precarização das relações de trabalho levará as pessoas a “pensar várias vezes” antes de aceitar um afastamento, o que tende a aumentar a cronificação das doenças.

Terceirização: Temer pretende piorar texto sancionado!

A votação do PL 4302/98 acendeu o sinal de alerta entre a população. Temer e sua base golpista ressuscitou um projeto que tramitou há vinte anos e, de maneira sorrateira e sem debates, fez “aprovar” um texto que amplia o período de vigência dos contratos de trabalho temporários e, de quebra, amplia também o alcance da terceirização nas mais diversas atividades.

Fórum dos Trabalhadores contra a Terceirização repudia posição de Gilmar Mendes

O Fórum Nacional Permanente em Defesa dos Direitos dos Direitos dos Trabalhadores Ameaçados pela Terceirização (Fórum), em face dos últimos e preocupantes acontecimentos e solidarizando-se com notas já publicadas como, entre outras, as da ANAMATRA, ABRAT, ANPT e do COLEPRECOR, vem a público manifestar seu forte repúdio às declarações desrespeitosas e infundadas do Ministro Gilmar Mendes, do TSE e STF, que, em fala pública intolerável, denuncia tomada de partido contra uma instituição séria e necessária ao país e à concretização dos direitos sociais fundamentais como é a Justiça do Trabalho.

A terceirização irrestrita ameaça a sobrevivência da Previdência Social

A terceirização irrestrita ameaça a sobrevivência da Previdência Social

Quando a barca neoliberal aporta em terras brasileiras, o trabalhador é convertido em uma espécie de Geni, alvo das pedradas retóricas de quem enxerga o custo da mão de obra como um obstáculo ao crescimento econômico. Ao defender a imposição de uma idade mínima para a aposentadoria, objetivo malogrado durante seu governo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso chamou de “vagabundos” aqueles que se aposentavam mais cedo.

“É moderno obter lucro alugando pessoas?”, alerta Edson Carneiro Índio, em audiência pública na Câmara dos Deputados

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora realizou uma exposição na Comissão Especial da Reforma Trabalhista (PL 6787/16) realizada na tarde de quarta-feira (29) no plenário 2 da Câmara dos Deputados, para debater, entre outros pontos, os contratos temporários de trabalho.

Nota técnica do Dieese esclarece os malefícios da terceirização

Dados obtidos pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Econômicos (Dieese) a partir de recortes específicos na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) revelam, de modo geral, que, nas atividades tipicamente terceirizadas, as condições de trabalho e a remuneração são bem piores do que as verificadas nas atividades que contratam pela CLT.

Lei da terceirização acaba com concurso público, diz procurador-geral do trabalho

A Lei que regulamenta a terceirização ampla no país, aprovada nesta quarta-feira (22) na Câmara dos Deputados, seria o fim do concurso público e um incentivo ao nepotismo nos municípios, no Estado e na União. Essa é a avaliação do procurador-geral do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ronaldo Fleury, que enumera consequências negativas para os trabalhadores, para o serviço público e até para o capital.

Terceirização: projeto aprovado põe seu emprego em risco

Ao contrário do que diz o governo e a mídia, a aprovação da terceirização sem limites vai ampliar o desemprego. Isso acontecerá porque os trabalhadores terceirizados têm jornada de trabalho mais extensas que os funcionários diretamente contratados. Ao invés de contratar dois funcionários, a empresa decide contratar apenas um terceirizado com jornada de trabalho maior.

Nota da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho contra a terceirização

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho – ANAMATRA, entidade que representa cerca de 4 mil juízes do Trabalho, tendo em vista a aprovação, na noite desta quarta-feira (22/3), do Projeto de Lei (PL) nº 4.302/1998, que regulamenta a terceirização nas atividades meio e fim, bem como na iniciativa privada e no serviço público, vem a público se manifestar nos seguintes termos:

Terceirização: agora é Greve Geral!

A Intersindical vem alertando há anos para o risco do congresso votar a terceirização irrestrita. Nem todo mundo se deu conta. Agora, é hora do trabalhador se unir para reverter o golpe. Para a Intersindical o caminho é o da greve geral e povo na rua na defesa dos direitos do povo brasileiro.

Terceirização sem limites vai ampliar corrupção, desemprego e crise social

Se aprovado, milhões de empregos diretos migrarão para contratos terceirizados, quarteirizados ou pejotizados. Seria o fim das atuais categorias de trabalhadores. Todos seriam transformados em prestadores de serviços, com rendimentos menores, jornadas maiores e sem direitos trabalhistas.

Atenção: deputados ameaçam votar terceirização até quarta-feira

O presidente da câmara dos deputados, o Mini-maia, afirmou nesta segunda, durante evento com grandes empresários em São Paulo, que parlamentares vão votar até quarta-feira o projeto que libera a terceirização e quarteirização de todas as atividades, no setor público e privado.

Terceirização: Adiada a votação do PL 4302/98, o morto vivo que aterroriza os trabalhadores

O governo Temer concordou em adiar a votação do PL 4.302/98, prevista para ocorrer nesta terça-feira (7). Diante da pressão de parlamentares e centrais sindicais, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), suspendeu a iniciativa, mas não deu nova previsão de data, o que exige ainda mais atenção da classe trabalhadora para impedir que o texto seja aprovado – uma vez que esse projeto morto-vivo já tramitou há 19 anos na Câmara e Senado e exige apenas mais uma votação na Câmara para virar lei.

Golpe à vista: Câmara ressuscita projeto de terceirização de 1998 e ameaça votar semana que vem

Em mais um golpe contra a classe trabalhadora, o governo Michel Temer manobra a agenda de votações no Congresso para impor um retrocesso social ao povo. A nova ofensiva pode ser executada nesta terça-feira (7/03) pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que quer colocar em votação o PL 4302/98, sobre a terceirização, e que já tramitou no passado no Senado. Se tiver o aval dos deputados seguiria direto à sanção presidencial.

Não vamos deixar que Temer ponha suas garras sujas nos direitos dos trabalhadores, afirma Intersindical em lançamento do Fórum

Aconteceu nesta manhã, no Congresso Nacional, o lançamento do Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência Social, que reuniu dezenas de entidades sindicais e do direito do trabalho, além de cerca de 50 parlamentares contrários ao desmonte da Previdência Social e dos direitos trabalhistas.

Lançamento do Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência

Lançamento do Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência Social no Congresso Nacional

Acontece nesse momento no Congresso Nacional, no Auditório Nereu Ramos, o lançamento do Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência Social. O ato reúne dezenas de entidades que, como a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, se colocam contrários ao desmonte da Previdência Social e dos direitos trabalhistas.

Centrais sindicais se reúnem com Rodrigo Maia e reivindicam mais tempo para debate sobre a Reforma da Previdência

Aconteceu nesta tarde a reunião das centrais sindicais com o Presidente da Câmara, o Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os representantes das centrais sindicais reivindicaram mais tempo para o debate da Reforma da Previdência.

“Acordão” para votar a terceirização e enterrar as audiências públicas presididas por Paulo Paim

O jornal Valor Econômico informou na última quinta-feira (16), que os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fizeram um acordão para cumprir com a agenda do golpe e votar o projeto da terceirização ampla e irrestrita nos próximos dias.

Impedir a terceirização irrestrita é prioridade: todo o apoio ao relatório do senador Paim contra o PLC 30

A palavra de ordem agora é concentrar os esforços no Senado Federal para impedir a votação da terceirização irrestrita. A decisão foi tomada ontem (30) pelas centrais sindicais com o relator do PLC 30, senador Paulo Paim (PT-RS). Após uma ampla discussão do texto com a sociedade, por meio de audiências públicas realizadas em todas as capitais do país, Paim decidiu que o parecer de relatório será contra o PLC 30 e apresentará um novo texto em substituição.

Toda pressão sobre o Senado para impedir terceirização irrestrita

A reunião das centrais sindicais realizada na última quarta-feira (23) com o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), mediada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), para discutir o trâmite dos projetos de lei que tratam da terceirização terminou com pequenos avanços. Agora é concentrar os esforços no Senado Federal para impedir a votação da terceirização irrestrita. Nesta quinta-feira (24) estava prevista a votação do PLC 30, que deve ficar para a próxima semana.

STF adia julgamento sobre terceirizações: nova data não está definida

O julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que pode liberar a terceirização e dizimar os empregos no País, marcado para ontem (9), foi adiado. Ainda não há data prevista para a votação. Caberá à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, marcar uma nova data para o julgamento. Mesmo assim trabalhadores e integrantes da Intersindical Central da

Terceirização fraudulenta: STF e a legalização da fraude

Após várias decisões do STF prejudiciais à classe trabalhadora, a mais alta corte marcou para o próximo dia 09/11 o julgamento de Recurso Extraordinário 958.252 que questiona a limitação da terceirização nas chamadas atividades-meio. A decisão do Supremo terá repercussão geral, ou seja, pode liberar a terceirização para todas as atividades e provocar enorme impulso da contratação precarizada. A terceirização é fundamental para baratear custos e aumentar lucros através da redução dos salários e direitos trabalhistas e sociais, permitindo ao capitalista se apropriar de uma parcela maior da renda do trabalho.

STF pauta julgamento da terceirização plena para 9/11

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, pautou para o próximo 9 de novembro o julgamento do Recurso Extraordinário 958.252, que discute a constitucionalidade da Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho (TST). O relator do recurso é o min. Luiz Fux. A postura deixa especialistas em Direito Trabalhista apreensivos, uma vez que

Governo acelera projeto de terceirização irrestrita no Senado Federal

O governo Michel Temer vai apoiar a proposta de terceirização irrestrita, para qualquer tipo de atividade, voltando aos moldes propostos pelo projeto aprovado pela Câmara dos Deputados, no início de 2015, e que está à espera da votação no Senado Federal. A informação foi publicada na edição desta segunda-feira (5) do jornal O Estado de

Contra a retirada de direitos, trabalhadores ocupam a Avenida Paulista

Leia também: → Semana crucial de luta na Câmara em defesa dos serviços e empresas públicas → Resolução da Direção Nacional da Intersindical reunida nos dias 6 e 7 de agosto Contra a retirada de direitos dos trabalhadores e ataques do governo golpista de Michel Temer (PMDB-SP), trabalhadores da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e

Supermercado Extra é condenado por terceirização ilícita de funcionários

Supermercado Extra é condenado por terceirização ilícita de funcionários

A 5ª Vara do Trabalho em Maceió condenou o Extra Supermercados, filial de Maceió, ao pagamento de uma indenização no valor de R$ 100 mil por terceirizar irregularmente trabalhadores para exercer atividade-fim. Caso descumpra a decisão, a empresa deverá pagar multa de R$ 5 mil por trabalhador em situação irregular. Os valores serão revertidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). A sentença é resultado de uma ação civil pública ingressada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Marilane Teixeira | A terceirização é uma das expressões do trabalho precário no Brasil

Marilane Oliveira Teixeira* Uma das principais e mais frequentes pressões por flexibilização da regulação pública do trabalho no Brasil aparece na crescente demanda pela expansão das práticas de terceirização. A terceirização é uma forma de contratar mão de obra com potencial altamente precarizador das relações de trabalho, acirrando desigualdades e fragmentando a organização dos trabalhadores.

Passar “dez anos sem férias” é condição comum na mineração brasileira, diz sindicato

Terceirização alcança 50% da categoria, deixando os empregados desassistidos, segundo dados da Frente Sindical Mineral A atividade de mineração é a mais letal para trabalhadores no Brasil, apontam dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Somados os casos de mutilação, morte e doença, os principais estados mineradores no Brasil – Goiás, Minas Gerais e

Trabalhadores cruzam os braços. Greve. Paralisação

Agenda de audiências públicas nos Estados contra a retirada de direitos dos trabalhadores

Leia também: → Nova agenda de audiências públicas contra a perda de direitos trabalhistas e sociais começa dia 11/08 em SP Os debates públicos sobre as reformas da previdência e trabalhista, entre outros temas, foram unificados diante da iminente ameaça de aprovação ainda em 2016, explica Alexandre Caso, representante da Intersindical no Fórum Nacional de Combate à

Ministério do Trabalho flagra trabalho escravo em grife de luxo em SP

A ONG Repórter Brasil e a BBC divulgaram na segunda-feira (20) uma auditoria realizada pelo Ministério do Trabalho e Previdência que revelou a utilização de mão de obra infantil e escrava em uma das fábricas da Brooksfield Donna, localizada na Zona Leste de São Paulo. Cinco bolivianos, incluindo uma adolescente de 14 anos, foram encontrados

Manaus: Funcionários terceirizados do Hospital 28 de Agosto protestam contra atraso no pagamento

Funcionários terceirizados do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, localizado no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus, realizaram uma manifestação na manhã desta terça-feira (10), em frente à unidade, para reivindicar o pagamento salarial que estaria em atraso: de acordo com eles, os valores não são pagos há três meses. O ato começou por volta de 8h e

Intersindical participa do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Trabalhadores

Direitos trabalhistas em risco, reforma da Previdência, terceirização em geral e irrestrita,  fim dos direitos garantidos na CLT através da prevalência do negociado sobre o legislado, ampliação do trabalho escravo, ataques aos servidores públicos com o PLP 257. Esses projetos que atacam fortemente os direitos da classe trabalhadora motivaram a criação da Frente Parlamentar Mista

Novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho defende ampliação da terceirização

Na manhã da última terça-feira (23) o novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro do Ives Gandra da Silva Martins Filho, e o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, Renato de Lacerda Paiva, estiveram com o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) para tratar do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30/2015 que regulamenta

Herbert Anjos | Conservadorismo Redivivo

Herbert Anjos é mestre em história pela UnB, professor e militante da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora A polarização político-ideológica que o país vive tem atingido inédita amplitude no pós- redemocratização. Nas ruas e nas redes sociais, progressistas e conservadores das mais variadas tonalidades têm se digladiado. Lamentavelmente, são as ideias e movimentos de

Vítimas da terceirização II: diversas prestadoras de serviços estão com repasses atrasados

Empresas terceirizadas que prestam serviços às unidades de saúde estaduais estão com os pagamentos do governo atrasados. Na semana passada, o Laboratório Bioclínico emitiu um comunicado informando um corte significativo na quantidade e na diversidade de exames realizados a partir desta semana, em função da falta de pagamento. As empresas Nutrindus, que presta serviços de

Vítimas da terceirização: no Hospital Celso Ramos não têm água para beber

A empresa terceirizada que gerência a nutrição do Hospital Governador Celso Ramos deixou de fornecer água para pacientes, acompanhantes e trabalhadores. Ficar sem água para beber é apenas uma pequena demonstração do descaso do governo com a saúde pública. Os atrasos nos pagamentos aos fornecedores são recorrentes e o sucateamento da estrutura pública é consequência

Nova modalidade de terceirização: a criação de contratos de parceria de produção integrada entre produtores rurais e agroindústrias

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Projeto de lei que pode ser aprovado a qualquer momento pela Câmara vai afetar o futuro de toda a produção agrícola e agropastoril no Brasil Está na pauta de votações do plenário da Câmara dos Deputados e pronto para ser aprovado a qualquer momento o Projeto de Lei 6459/2013

Representantes da indústria, agronegócio e comércio vão à Brasília fazer lobby pela terceirização na iniciativa privada e no setor público

INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), recebeu nesta quarta-feira (28/10) os presidentes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade; da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Junior; da Confederação Nacional das Cooperativas (CNCoop), Márcio Lopes de Freitas; e o deputado

Comissão de Assuntos Econômicos do Senado debate, sem aprofundamento, o PLC 30/2015, que libera a terceirização e precariza o emprego

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado realizou na terça-feira (13) uma audiência pública para discutir o projeto de lei da Câmara (PLC 30/2015), que acaba por legalizar a fraude e a precarização do emprego liberando a terceirização desenfreada no país, inclusive das atividades-fim, ou seja, daquela que caracteriza

Distrito Federal promove Audiência Pública sobre o projeto de terceirização (PLC 30/15)

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Aconteceu nesta sexta-feira, 25, mais uma audiência pública sobre o projeto da terceirização (PLC 30/15). A Intersindical – Central da Classe Trabalhadora esteve presente juntamente com outras centrais e entidades que combatem o projeto. A audiência que tem rodado o Brasil, já passou por São Paulo, Piauí, Ceará, Rio

Contra o ajuste fiscal e a Agenda Brasil. Ato 20 de agosto

Milhares de trabalhadores foram às ruas na noite desta quinta-feira, 20, contra a retirada de direitos e o ajuste fiscal do governo. A manifestação foi uma resposta aos recentes ataques aos direitos dos trabalhadores promovidos pela Câmara dos Deputados e Senado, além das medidas econômicas tomadas pelo governo federal. [Leia mais…]

Carta de São Paulo pela saúde e segurança de trabalhadoras e trabalhadores da América Latina

Após cinco dias de amplos debates, relatos e discussões, protagonizados por Trabalhadores e seus representantes, Advogados, Procuradores e Magistrados do Trabalho, Auditores Fiscais do Trabalho, Médicos e outros profissionais da saúde, Sociólogos, Economistas, Engenheiros, Jornalistas e outros, tanto do Brasil, como de outros países, entre eles, Argentina, Bolívia, Colômbia, Cuba e Peru, as entidades aqui

Valdete Souto Severo | PL 8294: inimigos na trincheira

Valdete Souto Severo* Estamos preocupados, e temos muitas razões para isso, com a avalanche representada pelo PLC 30 de 2015, cuja pretensão altamente destrutiva, compromete os pilares do direito do trabalho. Regulamentar a terceirização implica alterar radicalmente a base jurídica da relação capital x trabalho, permitindo que na realidade da vida ela continue exatamente igual:

Intersindical, PSOL e Instituto Liberal debatem terceirização

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Para o presidente do IL direitos trabalhistas deveriam ser extintos O Centro Acadêmico do curso de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, promoveu na última quinta-feira debate sobre terceirização (PLC 30/15). Como convidados, contra o PLC 30 e representando os setores populares, estavam Edson Carneiro ‘Índio’, Secretário Geral da Intersindical

Paim é designado relator do PLS 300/15 sobre terceirização

O senador Paulo Paim (PT-RS) foi designado, nesta quinta-feira (20), relator do PLS 300/15, que dispõe sobre os contratos de terceirização de mão de obra e as relações de trabalho deles decorrentes. O texto regulamenta a forma de contratação na atividade meio. O projeto é de autoria do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ). “Em que pese

Juíza condena terceirização na Sabesp e determina realização de concurso público

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Manutenção da rede de água e esgoto não poderia ter sido terceirizada, avalia a Justiça do Trabalho. A juíza Tallita Massucci Toledo Foresti, da 64ª Vara do Trabalho de São Paulo, proibiu a Sabesp de contratar trabalhadores terceirizados nos setores de manutenção e ampliação da rede de água e

Terceirização deve ser ponto central das manifestações de 20/08

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Diante da possibilidade iminente de votação em regime de urgência pelo Senado do PLC 30/15, que regulamenta a terceirização no Brasil, diversas entidades que desde 2011 integram um amplo fórum de combate à terceirização reuniram-se ontem pela manhã (18) em São Paulo para discutir uma agenda de atuação emergencial.

Valdete Souto Severo | Corrupção e terceirização: faces de um mesmo discurso

Quem é contra a corrupção e está atento à insistente informação midiática acerca da operação Lava Jato deve ter observado a quantidade de terceirizações e quarteirizações diretamente envolvidas no desvio de dinheiro público. O tema da terceirização está, portanto, mais próximo de nós – de todos nós – do que podemos imaginar.

URGENTE: terceirização vai a voto em plenário do Senado

O Colégio de líderes do Senado Federal ameaça votar o PLC 30 da terceirização em regime de urgência. Dessa forma, promete levar o projeto diretamente a votação em plenário. Com esse golpe, os senadores abortam a tramitação regular do projeto, que deveria passar pelas comissões, como prevê o regimento do Senado. Diante desse cenário, os

Associação dos Magistrados Piauienses se posiciona contra projeto de terceirização

A Associação dos Magistrados Piauienses (AMAPI) se posicionou, durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Piauí, na última quinta-feira (6), contra o projeto de lei nº 4330/2014, aprovado em abril deste ano na Câmara dos Deputados, que permite a terceirização das atividades-fim das empresas do setor privado. O presidente da Amapi, Leonardo Trigueiro, acredita que

Santander é condenado por terceirização

Um escriturário contratado por empresa de terceirização para prestar serviços no Banco Santander deverá ter a carteira de trabalho assinada pela instituição financeira. O juiz Marcos Ulhoa Dani, em exercício na 17ª Vara do Trabalho de Brasília, considerou que houve fraude na terceirização, uma vez que o trabalhador prestava serviços na atividade fim do banco.

Piauí: Audiência sobre Terceirização é amanhã

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Trabalhadores do Piauí discutem amanhã, dia 06, às 14h, na Assembleia Legislativa do estado os males do PLC 30 (PL 4330) que tramita no Senado Federal. A audiência é coordenada pela Comissão de Direitos Humanos do Senado, através do Senado Paulo Paim e pelo Fórum dos Trabalhadores Ameaçados pela

Vanessa Gravino | As terceirizações e a dominação-exploração das mulheres

Vanessa Gravino* O patriarcado e o racismo são estruturais e estruturantes na construção do Brasil. No processo de colonização (homens e) mulheres africanas foram arrancadas de suas terras e trazidas à força para a América pelos europeus. Essas mulheres cumpriram múltiplos papeis para a formação da nação brasileira. Foram trazidas na condição de propriedade dos

Maioria que votou na redução da maioridade aprovou terceirização

Grande parte dos parlamentares da Câmara dos Deputados também foi a favor do dinheiro de empresas para financiar campanhas Dos 303 parlamentares que foram favoráveis à redução da maioridade penal, em votação que entrou na madrugada de quarta (1º), 80% (242) também votaram a favor da terceirização ampla, no dia 8 de abril, quando foi

Regras de pré-sal e reforma política em pauta no plenário do Senado

A semana será movimentada no Senado, com a realização de votações e debates importantes em plenário. Um dos assuntos em pauta é a participação da Petrobras na exploração do pré-sal, que será objeto de sessão temática no plenário, às 11h, nesta terça-feira (30). A discussão se dará a partir do Projeto de Lei do Senado

Quinta-feira Vermelha: Diante dos ataques, responderemos com luta!

Estaremos nas ruas na próxima quinta-feira (25/6) contra a ofensiva da direita e o ajuste fiscal do governo, em defesa dos nossos direitos: 1) Contra o ajuste fiscal do governo federal, estados e municípios – Pelo lançamento imediato do programa Minha Casa Minha Vida 3, liberando as verbas da moradia popular. Não aos despejos! –

Bancários do ES realizam Pedalaço Contra a Terceirização

Sindicato dos Bancários do Espírito Santo A rua de lazer da Praia de Camburi foi ocupada por centenas de pessoas que participaram do Pedalaço Contra a Terceirização, no domingo, dia 21, realizado pelo Sindicato dos Bancários/ES. A atividade teve como objetivo dar visibilidade às ações de mobilização contra a terceirização. A concentração do Pedalaço foi

Senado realiza audiência pública na Alesp sobre terceirização

Fórum em Defesa dos Trabalhadores Ameaçados Pela Terceirização O Projeto de Lei nº 4330/04, que permite a terceirização de qualquer tipo de atividade econômica, aprovado na Câmara dos Deputados, tramita no Senado da República. Trata-se do PLC 030 que, na Comissão de Direitos Humanos do Senado, CDH, tem como relator o Senador Paulo Paim (PT-RS).

Informativo SINDIFORT nº 1 – ações de Maio

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Assista à primeira edição do Informativo Sindifort (Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Fortaleza), sindicato filiado à INTERSINDICAL sobre as ações da entidade no mês de maio. Sindifort lança informativo em vídeo. Buscando se aproximar cada vez mais dos sócios, apresentam a primeira edição de seu telejornal. A

Presidentes e corregedores do Trabalho contra terceirização

Entidade dos presidentes e corregedores do Trabalho divulga nota pública em que se posiciona contra a terceirização geral proposta pelo PLC 30/15, aprovado na Câmara e agora em discussão no Senado. Porque, entre outras questões levantadas pelo Colégio de Presidentes e de Corregedores de Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), reunido em Brasília no último dia

Vídeo: TV UFBA – O PL 4330 e suas implicações no mundo do trabalho

UFBA (Universidade Federal da Bahia) Alvo de muitas discussões, protestos e debates, o Projeto de Lei 4.330/04, que propõe regulamentação sobre terceirização do trabalho é tema deste Especial TV UFBA. Especialistas em Sociologia do Trabalho, como os pesquisadores Graça Druck, da UFBA, e Ricardo Antunes, da UNICAMP, e Isabela Fadul, da Faculdade de Direito da

Vídeo: Contra a terceirização e ajustes fiscais, trabalhadores travaram a Rodovia Anhanguera

Na manhã da sexta-feira, 29, paramos o trânsito na Rodovia Anhanguera, na altura de Cajamar, por duas horas, para mostrarmos a indignação e revolta com o governo e políticos que estão tirando direitos dos trabalhadores. Estamos nas manifestações contra a PL da terceirização do trabalho, o ajuste fiscal, as medidas de ataque ao seguro desemprego

SINAI-RN participa do Dia Nacional de Paralisação e Manifestações

SINAI-RN No Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral, o SINAI, em conjunto com a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, construiu e coordenou duas horas de paralisação no DETRAN/RN, com parada parcial das atividades na autarquia das 8h às 10h. Com denuncias sobre as MPs recém aprovadas pelo Congresso e também

ES: Trabalhadores protestam contra terceirização e retirada de direitos

Nesta sexta-feira, Dia Nacional de Luta, trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias realizaram manifestações nas ruas da Grande Vitória contra o projeto que permite a terceirização no mercado de trabalho brasileiro e contra as medidas provisórias do Governo Dilma (PT), que reduzem direitos trabalhistas. Veja galeria de fotos do protesto A manifestação foi organizada em

Contra a terceirização e ajustes fiscais, trabalhadores travaram a Anhanguera

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Com faixas contra o PL da terceirização centenas de trabalhadores travaram a Rodovia Anhanguera, na altura do quilômetro 28 de São Paulo, por volta das 6h30 da manhã desta sexta-feira. A paralisação da circulação na rodovia teve participação da INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora, MST (Movimento dos Trabalhadores

Trabalhadores paralisam a Baixada Santista contra terceirização

Sindicato dos Bancários de Santos e região Na região, a participação da Intersindical-Central da Classe Trabalhadora e outras centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais foi maciça Mais de 600 trabalhadores de dezenas de categorias paralisaram, nesta sexta-feira (29), das 5h40 às 8h, a circulação de mercadorias e serviços na Baixada Santista, no litoral de São

Fortaleza: dia 29 todas e todos à Secretaria do Planejamento, às 10h

SINDIFORT (Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza) Dia 29 de maio, sexta-feira, é Dia Nacional de Luta com paralisações. Por isso, nós, servidores, professores e empregados públicos municipais vamos às ruas de Fortaleza para: Denunciar o Congresso Nacional – o mais conservador desde o final da Ditadura Militar, quer acabar com

Terceirização transforma trabalhador em objeto, afirma Rodrigo Janot​

Rede Brasil Atual / Felipe Luchete Em seu primeiro pronunciamento sobre o tema, procurador-geral da República diz que falta de limites para a atividade terceirizada violaria Constituição. Brasília – Permitir que empresas terceirizem suas atividades-fim transformaria o trabalho em mercadoria e o ser humano em “mero objeto”, violando a Constituição Federal. É o que afirma o

PL 4330 institucionaliza a burla, diz Ricardo Antunes, professor da Unicamp

Do Jornal da Unicamp – Edição de 11/5/2015 a 17/maio/2015 – Nº 624 – Texto: Carlos Orsi Entrevista dada ao Jornal da Unicamp pelo sociólogo e professor Ricardo Antunes (foto acima), da Unicamp, sobre o projeto de lei (PL 4330), que regulamente a terceirização. Para o professor Antunes, o PL institucionaliza a burla, equivale a

Japão: berço da terceirização, país critica tipo de contratação

A terceirização surgiu na Toyota, no Japão, após a Segunda Guerra Mundial. O modelo de contratar empresas terceirizadas foi rapidamente exportado para todos os cantos do mundo. As consequências foram ruins em todas as experiências.  Enquanto no Brasil, os empresários querem generalizar a terceirização como única forma de contratação de trabalho, alguns países estão revendo

Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral

Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral

Contra o projeto da terceirização, as MPs 664 e 665 e o Ajuste Fiscal. Em defesa dos direitos e da democracia. A INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora, em conjunto com outras centrais sindicais e movimentos populares, como o MTST e MST, convoca a classe trabalhadora a parar a produção, os serviços e a circulação de

Confira entrevista com o desembargador Grijalbo Coutinho, o maior critico da terceirização

Enquanto avança no Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 4330 que amplia a terceirização do trabalho no Brasil para a atividade-fim, uma voz contrária à sublocação de mão de obra ganha corpo na Justiça do Trabalho. Trata-se do desembargador Grijalbo Coutinho, do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-DF/TO), um dos críticos mais

Deputados aprovam MP 665

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Centrais preparam paralisação do país, rumo à greve geral. Mais uma vez a Câmara dos Deputados golpeia a classe trabalhadora. Na noite desta quarta-feira, dia 06/05, os parlamentares aprovaram a MP 665 editada pela presidente Dilma que ataca direitos dos trabalhadores/as, elevando para 12 meses o tempo de trabalho

Top