Sindical

Notícias de categorias da intersindical

O governo publicou decreto que coloca os Correios na lista de privatizações de Paulo Guedes Nesta terça-feira (13/04/21) foi publicado o Decreto nº 10.674, que inclui a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) no Programa Nacional de Desestatização. Isso significa acelerar os estudos, já em andamento, que preparam o processo de venda da empresa. …

Decreto de Bolsonaro coloca Correios na lista de privatizações Leia mais »

O SindSaúde/SC realizou, nesta quinta-feira (11), um ato em frente à Casa d’Agronômica, residência oficial do governador Carlos Moisés, pelo lockdown em Santa Catarina. A manifestação teve o apoio de profissionais da saúde, dirigentes sindicais e representantes de movimentos sociais. O estado tem atingido tristes recordes de contaminação e óbitos e chega no momento mais …

Ato faz apelo por lockdown ao Governo de Santa Catarina Leia mais »

Em dezembro de 2020, mais de 40 trabalhadores do Banco Santander tiveram redução de seus rendimentos, de maneira unilateral, em represália por terem ações trabalhistas contra o banco. O corte nos salários, que em alguns casos atingiu 55% do rendimento total destes trabalhadores, compromete a subsistência destes trabalhadores, em especial em um momento de crise …

Banco Santander viola liberdade sindical e direito à justiça Leia mais »

Agências do Banco do Brasil (BB), da Baixada Santista, amanheceram nesta quarta-feira (10) com faixas e bancários em greve na porta. A questão é redução de salário, fechamento definitivo de agências, realocação dos funcionários excedentes para qualquer lugar do Brasil, diminuição do quadro em mais de 5.000 trabalhadores, precarização do ambiente de trabalho, piora do …

Bancários do BB em greve de 24h, hoje 10/2 Leia mais »

O prefeito de Osasco está obrigado a abrir edital para concurso público.

As estatais foram criadas para prestar um serviço à nação. Mesmo assim tiveram, em 2019, um lucro recorde de R$ 109,1 bilhões, um aumento de 53% em relação ao ano anterior. Então, por que o governo Bolsonaro está tão interessado em desmontar e privatizar as empresas públicas, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica …

Estatais são lucrativas. Por que Bolsonaro quer vendê-las? Leia mais »

O SEEB de Santos e Região faz 88 anos nesta segunda-feira, 11, de muita luta e resistência pela categoria. Parabéns a todos que fizeram ou fazem parte desta construção!

A Diretoria do Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira, 11, uma proposta de “reestruturação” da instituição que prevê o fechamento de agências, um programa de demissões voluntárias e a extinção de funções. Saiba o que realmente está em jogo na “reestruturação” do BB.

Após 35 dias de greve, os trabalhadores dos Correios acompanharam hoje, após grande ato nacional em Brasília…

O Brasil é líder mundial em óbitos entre profissionais de enfermagem por Covid-19, e o Estado de Santa Catarina já soma mais de 1100 profissionais de enfermagem contaminados.

O retorno às aulas presenciais deve ser precedido de um conjunto de ações que vise assegurar a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras da educação e da comunidade escolar.

Banco Santander rompe com compromisso público de não demitir durante a pandemia e ameaça dispensar 20% do funcionários da instituição. Trabalhadores lançam o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores de Santander.

Realizar demissões em meio a uma pandemia global, da qual o Brasil é o novo epicentro, é praticar uma gestão desumana. Se em condições normais já é difícil conseguir uma recolocação profissional, imaginamos como os trabalhadores vão ficar agora.

A Intersindical REPUDIA a Medida Provisória 979/2020 (MP 979/20), que trata da escolha de reitores e reitoras das Universidades, Institutos Federais e CEFET. A Medida Provisória determina que “não haverá processo de consulta à comunidade, escolar ou acadêmica, ou a formação de lista tríplice para a escolha de dirigentes das instituições federais de ensino durante o período de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia da COVID-19”.

Nosso repúdio á Secretaria de Educação do Paraná (SEED) se dá ao “tratorar” as decisões do Conselho Estadual de Educação, ao sequer comunicar aos educadores as possibilidades de escolha entre Ead e suspensão de calendário.

A Frente Parlamentar Mista do Serviço Público lança o vídeo “Não é Reforma Administrativa – É Desmonte dos Serviços Públicos!” para campanha em defesa dos servidores e por um serviço público de qualidade contra as reformas propostas pelo governo que prejudicam a população.

O ano de 2020 começa em alta temperatura no seio de nossa categoria. O aprofundamento dos ataques ao serviço público praticados por Bolsonaro, e acompanhado pelos governos estaduais e municipais, impõem ainda mais organização, resistência e luta de nossa categoria.

Assista aqui ao debate ‘O Serviço Público Diante do Desmonte do Estado’. Convidado: Vinicio Casconi, Advogado Trabalhista e…

Nesta quarta-feira (19/02) o Conselho Deliberativo da FUP em conjunto com as direções dos sindicatos da categoria definiram por suspender provisoriamente a greve para que a Comissão Permanente de Negociação da categoria possa participar da Reunião de Mediação agendada para sexta-feira (21/02).

A AJD (Associação Juízes para a Democracia) vem a público manifestar sua intransigente defesa da possibilidade de realização de greve, fato social alçado à condição de direito fundamental na Constituição de 1988.

Reunidos em Assembleia Geral na última quarta-feira, 5 de fevereiro, na sede do Sindifort, os servidores municipais de Fortaleza reafirmaram a luta contra a reforma da Previdência no Município e aprovaram um calendário de mobilizações e atividades em defesa de suas aposentadorias ao longo do mês de março.

A greve nacional dos petroleiros, realizada por enquanto na base dos sindicatos da FUP, mas que deve envolver também as entidades ligadas à Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) tem recebido novas adesões a cada dia.

A ideia do Governo Federal de admitir militares inativos no serviço público tem sofrido resistências entre parte dos próprios reservistas e reformados. Principalmente entre “aposentados” de baixas patentes, a medida é vista como tentativa de compensação após o que entendem ser a “traição” do Planalto na Reforma da Previdência.

Em sua página do Facebook, o presidente postou um vídeo em que Abraham Weintraub afirma que há doutrinação nas seleções.

Às vésperas de fim de ano, num período em que os servidores públicos estão se preparando para as confraternizações com as suas famílias, recebemos o péssimo presente do governador que se elegeu com a promessa de valorização do servidor e do serviço público.

Nesta semana conversamos com Bernadete Menezes, da Direção Nacional da Intersindical, sobre os que está em jogo com as greves e paralisações dos servidores públicos que estão acontecendo no Rio Grande do Sul. CONJUNTURA EM MOVIMENTO Apresentação e roteiro: Manoel Elídio Rosa Direção, filmagem, iluminação e edição: Alexandre Maciel Secretário de Comunicação: Pedro Otoni

Energia e transportes baratos para um Brasil mais justo Por J. Carlos de Assis Petroleiros, eletricitários, caminhoneiros e outras categorias profissionais decidiram unir suas forças para assegurar preços mais baixos para diesel, gasolina, gás e energia elétrica no Brasil. Estamos convencidos de que isso pode ser conseguido mediante uma política de preços segundo os custos …

Em defesa do serviço público Leia mais »

A promulgação do resultado da consulta de alteração do estatuto da CASSI, apreciada pelo corpo social da entidade entre os dias 18/11/2019 à 28/11/2019, ao não observar o texto do art. 73º do estatuto social que determina “Para aprovação de reforma estatutária […], é necessário o quorum de votantes de metade do total de associados registrado no último balancete mensal publicado, mais 1 (um) associado, e, destes, que no mínimo, 2/3 (dois terços) votem favoravelmente, não computados os votos em branco.” é um claro atentado a legalidade e a democracia na condução da CASSI.

Realizada no dia 26 de novembro (terça-feira) a “Plenária Nacional – Em defesa dos serviços públicos municipal, estadual e federal, das empresas estatais, do Brasil e dos trabalhadores” aprovou em suas resoluções finais um Manifesto e o Plano de Luta em defesa do serviços públicos.

MP 905: Não podemos abrir mão de nenhum direito! A MP 905 diz que todo bancário deve trabalhar 8h diárias, inclusive sábados e conforme negociação individual também aos domingos e feriados. Dia 26 tem nova negociação com os banqueiros. A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região é totalmente, contrária a Medida Provisória …

Bancários devem lutar contra a MP 905! Leia mais »

Foi assinada a convenção coletiva do setor químico com data base dia 01 de novembro. Os salários terão reajuste integral do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que registrou no acumulado do ano 2,55%.

MP ‘VERDE AMARELO’ PERMITE ABERTURA DOS BANCOS AOS SÁBADOS E AUMENTA JORNADA DE TRABALHO DOS BANCÁRIOS DE 6 PARA 8H.

“Mais Brasil” ou austericídio? A economia discursiva do corte de gastos É preciso desnaturalizar as categorias do discurso hegemônico para o qual o serviço público é apenas um objeto a ser reduzido.

A INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA vem a público externar seu repúdio às ações arbitrárias e isoladas praticadas pela direção do Campus do IFPI de São Raimundo Nonato que, numa manipulação grosseira das normas internas e da legislação vigente, estão transformando processos administrativos disciplinares (PAD) em instrumentos de perseguição política de servidores e servidoras. Exemplo berrante dessa postura culminou com a demissão delituosa da servidora e dirigente sindical Hellen Cristina de Oliveira Alves.

Em greve desde as 22 horas do dia 10 de setembro, os trabalhadores dos Correios, em todo o país, se mobilizam para defender o caráter público da Empresa de Correios e Telégrafos – ECT frente à ameaça de privatização.

Os bancários e bancárias presentes aprovaram a participação nas atividades das centrais sindicais, como as manifestações contra a reforma da Previdência (06/08) e em defesa da Educação (13/08).

O funcionalismo público do Paraná tem vivido um desmonte desde que o governador Beto Richa assumiu o o estado em 2011, atacando os trabalhadores com medidas de austeridade e desmonte do setor público. Em 2015 encaminhou a ALEP um pacote de medidas (que ficou conhecido como “pacotaço de maldades”) onde propunha, dentre outros aspectos, uma migração de massas entre os fundos previdenciários do Estado, algo que inviabilizaria, no longo prazo, o pagamento de aposentadorias e benefícios.

Diretor do sindicato, Sérgio Magalhães explica importância da greve para a categoria e para todo o país.

A ação é do Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo (SSPV), filiado à Intersindical. As imagens dizem tudo. Veja abaixo:

O Supremo Tribunal Federal (STF) adotou uma decisão bastante polêmica na quinta-feira, dia 6 de junho. O pleno foi chamado a se manifestar a respeito da necessidade de autorização legal prévia para que seja levada à privatização qualquer empresa estatal.

Em meio à Campanha Salarial, o dirigente Antonio Martins, do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis (Sintraturb), falou sobre a Greve Geral desta sexta-feira.

Alta rotatividade e trabalho insalubre acendem alerta da categoria sobre “deforma” da Previdência. Nesta segunda parte, falamos com Nilza Pereira, do Sindicato Químicos Unificados, regional Osasco, e da Federação dos Trabalhadores do Ramo Químicos do Estado de São Paulo (Fetquim).

Amanhã (terça-feira, 11) será dia de assembleia em sindicatos da categoria pelo país.

Conversamos com Sérgio Magalhães, diretor do sindicato dos Metroviários de São Paulo, logo depois do fim da Campanha Salarial.

Na manhã desta quarta-feira, 15, uma multidão tomou as ruas do centro de Belém (PA) em luta contra os cortes de verbas do ensino superior e da educação básica anunciados por Jair Bolsonaro e seu ministro marionete Abraham Weintraub.

Protestos aconteceram em mais de 200 cidades no País. Ato também reforçou convocação para greve geral do dia 14 de junho.

A Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico (FETQUIM) fez nesta sexta-feira (10) o lançamento oficial de seu novo site, que será mais uma ferramenta de notícias e artigos do ramo químico e da política em geral para os trabalhadores.

Hoje, dia 22/03, no Município de Juazeiro do Norte, o Dia Nacional de Lutas e Paralisações começou com o Seminário Sobre a Proposta de Reforma da Previdência, na Sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – SISEMJUN.

Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical, em apoio aos trabalhadores da Ford, neste Dia Contra o Fim da Aposentadoria.

O trabalhadores dos Químicos Unificados de Cotia (SP) já estão nas fábricas dialogando com todas e todos neste Dia Nacional de Luta Contra o Fim da Aposentadoria! CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES  

Trabalhadores da Merial Boehringer de Paulínia decidiram, nesta terça (29), pela realização de um protesto contra as mudanças arbitrárias na jornada promovidas pela empresa e greve, caso a empresa não aceite negociar os itens da pauta apresentada pelo Unificados.

A Assufrgs Sindicato, em parceria com o ANDES/UFRGS realiza o Seminário Previdência no serviço público e o direito à aposentadoria.

Acontece desde esta quinta-feira (22) o 14º CONSINAI, o Congresso do SINAI-RN (Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do Rio Grande do Norte), na cidade de Mossoró. O tema desta edição é tem “O Estado e as Reformas, para que e para quem”. O Congresso segue até sábado (24).

A PEC do Fim do Mundo (atual Emenda Constitucional nº 95) foi aprovada no final de 2016, logo após o golpe que colocou Michel Temer no poder. O mundo ainda não acabou, mas, nesse ritmo, as políticas públicas no Brasil estão próximas do fim. O terrível incêndio do Museu Nacional é o retrato mais simbólico dessa terra arrasada.

A mediação do Ministério Público do Trabalho, solicitada pelo SindSaúde/SC para tentar frear as demissões em massa no Hospital de Caridade por conta das terceirizações.

Milhares de bancários, em diversas regiões do país, cruzaram os braços nessa quarta-feira (22), em mais um dia de paralisações e pressões sobre os bancos.

Não houve acordo entre Sindicato e direção do Hospital de Caridade na última audiência conciliatória realizada no Ministério Público do Trabalho, com mediação do procurador Sandro Eduardo Sardá, que emitiu recomendação de que o Hospital mantenha suspensas as demissões até audiência final marcada para o dia 22 de setembro, às 14h.

Em meio à neblina cerrada que recai sobre o futuro dos conhecimentos científico, tecnológico, artístico e cultural, provocada pela emenda dita do Teto (declinante) dos Gastos (EC 95/2016), a rigor, emenda da reforma não consentida do Estado, a ponta do iceberg emerge ameaçadoramente.

Na luta por uma comunicação mais democrática, a proposição de políticas para a mídia alternativa deve ocupar um lugar central. Por isso, o Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé preparou uma plataforma para candidatos e candidatas nas eleições de 2018, intitulada “Uma proposta para o fortalecimento da mídia alternativa”.

Bancários e bancárias capixabas se mobilizaram nesta sexta-feira, 10, e participaram do Dia do Basta – Dia Nacional de Luta e Paralisações em Defesa do Emprego, da Aposentadoria e dos Direitos Trabalhistas. Durante o ato, as agências bancárias da Reta da Penha, em Vitória, tiveram abertura retardada em uma hora.

Trabalhadores químicos participam do Dia do Basta nesta sexta, 10/08, em defesa do emprego, do direito à aposentadoria e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora.

O anúncio da negociação da venda da participação da Odebrecht na Braskem para a transnacional holandesa LyondellBasell deve alterar os rumos de toda a cadeia petroquímica mundial.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora repudia a ação absolutamente descabida numa democracia da Corregedoria da Universidade Federal do ABC (UFABC) que instaurou sindicância para investigar a posição política de trabalhadores dentro desta universidade.

Na última semana, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e seus trabalhadores voltaram a ser alvo de ataques do governo. No último domingo, a Folha de S. Paulo publicou a intenção do natimorto governo Temer de extinguir a empresa pública de comunicação. Antes, O Estado de S. Paulo questionava de atestado a salários dos trabalhadores da EBC.

Para a diretoria da APESR, a prefeitura já não cumpre a reposição salarial do magistério reconhecida legalmente como categoria diferenciada .

Além da lista de reclamações do BC, outra informação dá conta que o banco espanhol deve anunciar em breve o fechamento de 600 agências no país, ou seja, mais exploração e precarização contra funcionários e clientes.

Violência contra os Servidores de Porto Alegre e manobra de Marchezan. Após assembleia geral extraordinária os trabalhadores deliberaram entrar em greve a partir do dia 15 de julho.

Michel Temer foi o presidente que menos investiu nos últimos 19 anos nas estatais brasileiras, segundo dados do 6º Boletim das Estatais Federais do Ministério do Planejamento.

Trabalhadoras e trabalhadores do Imperial Hospital de Caridade reuniram-se na tarde desta quinta-feira (5/7) para aprender sobre Assédio Moral no Trabalho, infelizmente uma prática muito recorrente sofrida no cotidiano pela categoria da saúde.

Calote à vista? Se depender do senador Dalírio Beber (PSDB-SC), o governo federal não deve honrar seus compromissos com os trabalhadores do serviço público federal, que têm reajustes salariais previstos para 2019

A passagem de Pedro Parente no comando da Petrobras foi curta, mas os estragos foram enormes. Nomeado pelo ilegítimo Michel Temer logo após o golpe que derrubou a ex-presidente Dilma Rousseff, Parente pediu demissão no último 1º de junho após a greve dos caminhoneiros e a pressão popular contra sua gestão. Ele foi o principal responsável por mudar a política de preços da Petrobras, que passou a vincular o valor dos combustíveis nos postos às variações diárias do barril de petróleo no mercado mundial.

Após forte mobilização do Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo, o prefeito tucano sente a pressão e revoga do decreto que obrigava os servidores doentes a trabalharem para não ver retirado o auxílio-alimentação.

De acordo com a assessoria jurídica do Sintepp, a decisão do STF não analisa o mérito sobre o direito que os servidores do magistério possuem sobre o valor correto do piso.

MPT aprovou a destinação de R$ 31,5 milhões para a obra do Instituto de Otorrinolaringologia de Cabeça e Pescoço.

O assédio moral consiste em comportamentos, ações, gestos, palavras ou escritos que submetem o trabalhador a práticas repetitivas e prolongadas de violência psicológica extrema, em que prevalecem relações desumanas e com comunicação hostil. Essas práticas acabam gerando danos físicos e psicológicos no(a) trabalhador(a), podendo inclusive afetar sua dignidade, autoestima e autodeterminação e levá-lo à morte.

Nesta quarta-feira, dia 13, a Comissão de Lutas dos Servidores de Cubatão teve acesso ao processo aberto pela pessoa do prefeito Ademário, contra o Facebook, pedindo a retirada de conteúdos de nossa página que se referem ao governo do prefeito.

O encontro segue até domingo, 10, quando será votada a minuta de reivindicações e os eixos estratégicos da Campanha Nacional da categoria. Acompanhe a síntese dos debates que aconteceram neste sábado.

Durante a 20ª Conferência Nacional, os 627 delegados de todo o país aprovaram pauta de reivindicação que prevê reajuste salarial e proteção contra pontos nefastos da lei trabalhista.

Pré-candidato à presidência da República, ex-ministro da Fazenda ligado ao sistema financeiro defende pulverização de capital dos bancos públicos e da Petrobras; bancários devem se mobilizar e acompanhar o debate eleitoral.

Gian Lopes reafirmou ainda que a terceirização é uma realidade que eles, administradores municipais, não podem abrir mão.

Nos dias 08, 09 e 10 de junho a categoria bancária, dos bancos públicos e privados, realizará a Conferência Nacional dos Bancários em São Paulo. A atividade tem como objetivo debater e definir estratégia de luta para garantir os direitos, o emprego, a defesa da Convenção Coletiva de Trabalho – CCT e dos bancos públicos e privados.

Depois da crise política produzida pelos 10 dias de paralisação dos caminhoneiros, o plenário da Câmara dos Deputados agendou para votação o projeto de lei que regulamenta o transporte rodoviário de cargas no País (PL 4.860/16). A matéria está na pauta de votações a partir desta terça-feira (5), cuja sessão deliberativa começa às 14 horas.

Quase todas as análises sobre o movimento dos caminhoneiros, assim como ocorre em outros casos em que o assalariamento não é explícito, assimilam acriticamente a condição de ‘autônomos’ dos trabalhadores, sem perceber que a própria designação é um elemento central da gestão do trabalho pelas empresas, escrevem em Vitor Araújo Filgueiras, professor de Economia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e José Dari Krein, professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Acompanhe e participe de nossa Agende da Greve do Sintepp: 04 de junho (segunda-feira), 09:00h: Ato Público em Solidariedade à Ocupação da EE Helena Guillon;

Mobilizados pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), servidores do Posto de Saúde Flávio Marcílio (Mucuripe) paralisaram atividades na manhã desta quinta-feira (24) em ato contra a insegurança no local.

Pesquisa que avalia atendimento dos caixas pelos clientes é lançada em meio ao aumento da sobrecarga de trabalho causada pela redução de bancários nas agências; enquanto isso, lucro e remuneração dos diretores executivos só aumentam.

Em poucos dias, a mobilização dos caminhoneiros conseguiu parar o país e provocar um abalo sísmico no sistema político. Percorrem as margens de toda essa pulsão transformadora e avassaladora a disputa do movimento, via uma guerra ideológica – o que é comum em todo fenômeno espontâneo. O vazio está em demasia e muitos gritam para preenche-lo, sem conseguir, por enquanto, apropriar-se dele em sua completude.

Em Cubatão, trabalhadores petroleiros estão mobilizados desde a madrugada, contra o preço do gás e dos combustíveis e pela Petrobras 100% pública! A Petrobras é do povo!

Petroleiros paralisam a refinaria de Paulínia, em São Paulo, e dialogam sobre a importância de uma empresa pública, contra o aumento dos combustíveis e do gás.

A Intersindical Baixada Santista, a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, a Frente Povo Sem Medo, militantes do PSOL estão posicionados desde às 6h, no escritório central do Valongo, em Santos SP, participando da greve dos petroleiros da Baixada Santista.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5 REGIÃO PODE SUSPENDER, NO JULGAMENTO DA AÇÃO POPULAR MOVIDA PELOS PETROLEIROS, A VENDA SEM LICITAÇÃO E POR PREÇO DE BANANA DA MAIOR E MAIS NOVA MALHA DE DUTOS DE ÓLEO E GÁS DO PAÍS.

Pela redução do preço do gás e do combustível, Frentes convocam Dia Nacional de Luta. O povo brasileiro está indignado com o alto custo de vida, o valor do gás e do combustível, que já foi reajustado mais de duzentas vezes em dois anos e exige respostas imediatas.

Começa nesta quarta-feira (30) e será por tempo indeterminado. Por ampla maioria de votos, os petroleiros do Litoral Paulista aprovaram a deflagração de greve, por tempo indeterminado, a partir desta quarta-feira (30).

Com a entrada dos petroleiros na luta pela redução dos preços dos combustíveis, defesa da Petrobras ganha fôlego.

Economista e professora da FEA/USP explica o que levou à crise no país, com a paralisação dos caminhoneiros que completou sete dias.

As centrais sindicais estão reunidas hoje (28), pela manhã, para discutir formas de participação das demais categorias de trabalhadores na greve dos caminhoneiros. A Frente Povo Sem Medo, também se reúne a a tarde para discutir a participação dos movimentos sociais no processo de paralisação nacional.

Os responsáveis diretos são Pedro Parente e Michel Temer que desde 2016 iniciaram a nova política de preços tendo como um dos eixos a paridade com os preços internacionais, o que na prática abriu a possibilidade de ajustes diários. Além disso, a diminuição da produção e a abertura do mercado nacional para a importação reforçam o objetivo claro de desmonte e privatização da Petrobras. Não a toa, no último mês, foi anunciado o plano de venda de quatro refinarias e doze terminais da Transpetro.

Temer anunciou neste início da tarde (25) sua ordem de utilizar forças de segurança federais para acabar com as manifestações de caminhoneiros nas rodovias federais e ainda motivou os governadores a realizar o mesmo procedimento nas vias estaduais.