Movimentos sociais articles

faferj Federação de Favelas do Rio de Janeiro

Nota da FAFERJ (Federação de Favelas do Rio de Janeiro) sobre a presença da Polícia Militar em nossa sede

Na ultima terça-feira, dia 19 de fevereiro fomos surpreendidos com a presença de uma guarnição de policias militares em nossa sede durante a realização da plenária de resistência contra a reforma da previdência, contra a licença para matar do ministro Moro e contra o genocídio dos jovens negros nas favelas.

Grupo De Trabalho das comunidades Povo sem Medo e Gringolândia

Grupo De Trabalho das comunidades Povo sem Medo e Gringolândia aprova Plano de Ação para regularização e urbanização das comunidades

Vitória! Na última sexta-feira (14/12), no Grupo de Trabalho formado pela Secretaria da Casa Civil do Rio de Janeiro com a participação das lideranças das comunidades e demais entidades da sociedade civil, foram aprovados o Relatório Final e o Plano de Ação para a regularização da Gringolândia e Povo Sem Medo. Esses documentos prevêem: 1)

mst assassinado na paraíba

Toda solidariedade ao MST e às famílias dos militantes sem-terra assassinados na Paraíba

Toda solidariedade ao MST e às famílias de Orlando e Rodrigo, militantes sem-terra assassinados na Paraíba A Intersindical Central da Classe Trabalhadora envia seu abraço de solidariedade a todos/as militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e às famílias e amigos de José Bernardo da Silva, o Orlando, e Rodrigo Celestino, militantes cruelmente

Ocupação Povo Sem Medo/Pavuna eleva a temperatura no Rio de Janeiro!

Ocupação Povo Sem Medo/Pavuna eleva a temperatura no Rio de Janeiro!

Na manhã do dia 14 de junho, centenas de moradores da Ocupação Povo Sem Medo e da comunidade da Gringolândia, na Pavuna, organizados pelas Brigadas Populares e pela Associação de Moradores da FICAP, lotaram o Plenário e as galerias da Câmara Municipal do Rio de Janeiro para uma Audiência Pública da Comissão Especial de Moradia que tinha como finalidade debater a regularização das duas comunidades.

Ameaça de despejo ilegal à Ocupação Povo Sem Medo - RJ!

Ameaça de despejo ilegal à Ocupação Povo Sem Medo – RJ!

No dia de ontem, 16/03, moradores da Ocupação Povo Sem Medo – RJ, no bairro da Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro, foram ameaçados por homens armados nos arredores da Ocupação. A antiga proprietária do imóvel, a empresa Bergitex, já tentou despejo ilegal uma vez, com utilização de homens armados à paisana. Mais uma vez, a vida das centenas de famílias que ocupam o imóvel abandonado há mais de vinte anos pela Bergitex têm suas vidas colocadas em risco.

Brigadas Populares Temos que barrar o desmonte em curso

Temos que barrar o desmonte em curso

Desde o momento do golpe que destitui da presidência uma presidenta legitimamente eleita sem que motivos plausíveis fossem comprovados, juntamente com [email protected] [email protected] [email protected] deste país temos chamado a atenção para o projeto de desimpedimento que aqui se alastra, principalmente na Amazônia, para que grupos internacionais possam se instalarem ou ampliarem suas instalações necessárias à uma exacerbada expropriação.

Jagunços tentam assassinar dirigente do MST em Minas Gerais

Jagunços tentam assassinar dirigente do MST em Minas Gerais

Na tarde desta quarta-feira (6), por volta das 16h30, dois homens armados cercaram o dirigente do MST, Silvio Netto, apontando armas contra sua cabeça. Silvinho, como é conhecido, voltava da área Quilombo Campo Grande (antiga Usina Aridnópolis), onde é assentado, quando os homens o obrigaram a parar o carro e realizaram as ameaças.

MTST conquista avanços para trabalhadores sem teto da Ocupação Povo Sem Medo

Em marcha histórica, MTST conquista avanços para trabalhadores sem teto da Ocupação Povo Sem Medo

As trabalhadoras e os trabalhadores do MTST tiveram uma importante vitória nesta terça-feira (31). Após mais de 10 horas de caminhada e 23 quilômetros percorridos de São Bernardo a São Paulo, o movimento finalmente conseguiu abrir uma mesa de negociação com o Governo do Estado, além de avançar em demandas para as outras ocupações do MTST.

MTST Grande Marcha dos Sem Teto

MTST faz Marcha de São Bernardo a São Paulo contra despejo de ocupação

Junte-se à Grande Marcha dos Sem Teto! Na próxima terça-feira, dia 31, o MTST organizará uma marcha histórica. Milhares de trabalhadores sem-teto sairão da Ocupação Povo Sem Medo de São Bernardo do Campo em caminhada até o Palácio do Governo de São Paulo, no Morumbi, a partir das 6h da manhã.

Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária MST ocupa INCRA-SP

Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária: MST ocupa o INCRA-SP

A luta faz parte da Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária que acontece em todo o Brasil, desde o dia 16 de outubro, quando se comemora o Dia Mundial da Alimentação em Defesa da Soberania Alimentar, e tem por objetivo denunciar os retrocessos na Reforma Agrária promovidos pelo Governo Golpista, como cortes no orçamento de 2018, desmantelamento das políticas públicas, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além da perda dos direitos trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores e das trabalhadoras rurais e o aumento da grilagem de terras.

Todo apoio à Ocupação Povo Sem Medo, em SBC!

Todo apoio à Ocupação Povo Sem Medo, em São Bernardo do Campo!

Cerca de sete mil famílias ocupam um terreno em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A área está abandonada há décadas e possui dívidas milionárias com IPTU não pago. A ocupação completou no último domingo trinta dias de muita resistência, solidariedade e participação popular.

Invasão e arrombamento de arquivos na sede das Brigadas Populares em Belo Horizonte (MG)

Invasão e arrombamento de arquivos na sede das Brigadas Populares em Belo Horizonte (MG)

Na última noite (21), a sede das Brigadas Populares em Belo Horizonte (MG) foi INVADIDA. Além da destruição de várias cômodos, objetos, não levaram qualquer objeto de valor, mas sim, documentos internos de nossa organização – todos eles, trancados em armários cadeados que foram brutalmente arrombados.

Despejos administrativos - ilegalidade e inconstitucionalidade

Despejos administrativos: ilegalidade e inconstitucionalidade em Belo Horizonte

Confira o parecer-protesto elaborado pelo núcleo jurídico das Brigadas Populares contra os desejos administrativos realizados pela Prefeitura de Belo Horizonte. As Brigadas Populares opinam pela imoralidade, ilegalidade e inconstitucionalidade dessa prática!

Dia do Trabalhador Rural-MST ocupa fazendas de Blairo Maggi, Ricardo Teixeira, Eike Batista

Jornada nacional de lutas do MST ocupa fazendas de Blairo Maggi, Ricardo Teixeira, Eike Batista sob o lema: ‘Corruptos, devolvam nossas terras!’

25 de julho, Dia do Trabalhador Rural. Milhares de trabalhadores rurais ocuparam nesta terça-feira (25), Dia do Trabalhador Rural, fazendas ligadas a processos de corrupção ou a corruptos, e exigem a destinação das terras para assentamento de famílias sem terra, a saída dos golpistas instalados no Planalto e a convocação de eleições diretas.

acampamento Maria da Conceição – 8 de Março: acampados e acampadas nas terras de Eike Batista lutam para evitar despejo

Acampados e acampadas nas terras de Eike Batista lutam para evitar despejo

O acampamento Maria da Conceição – 8 de Março realizou nesta segunda-feira, 17, um trancamento na BR 381, na altura de Santa Terezinha, município de Itatiaiuçu, com objetivo de denunciar o despejo iminente das 600 famílias que residem no local. A área pertence à Eike Batista e foi ocupada durante a jornada nacional de lutas das mulheres. 

A luta se faz com pressão popular: vitória do MTST em São Paulo

Mais de 10 mil trabalhadoras e trabalhadores do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) enfrentaram o frio desta terça-feira (13) para parar o centro econômico da cidade e garantir que o compromisso firmado em março, em resposta à ocupação de 22 dias do Movimento em frente ao Escritório da Presidência, seja de fato cumprido.

Nota das centrais sindicais em solidariedade à Ocupação Chico Prego, no ES

As diretorias estaduais do Espírito Santo da CUT, da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, da CSP/CONLUTAS e o Sindicato dos Servidores Públicos do ES manifestam total apoio à Ocupação Chico Prego, localizada no Ed. Maria Clara da Silva, e repúdio a decisão judicial de 2ª instância que deferiu pedido liminar de reintegração de posse do prédio em questão.

Via Campesina da América Latina divulga nota em solidariedade aos povos indígenas, quilombolas e camponeses no Brasil

Delegados de mais de 80 organizações de 22 países latino-americanos, reunidos na Assembleia Continental do Cloc-Via Campesina, na Colômbia, divulgaram no encontro uma carta em solidariedade aos povos indígenas, quilombolas e camponeses que vivem no Brasil. No texto, organização afirma ser responsabilidade do governo aumento da violência no campo, contra povos indígenas, quilombolas e campesinos.

Feira da Reforma Agrária terá presença de Pepe Mujica e Bela Gil em conferência sobre alimentação saudável

A 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária, que começou nesta quinta-feira (4) e vai até o domingo (7) no Parque da Água Branca, em São Paulo, tem na programação uma série de seminários, conferências e um espaço literário dedicados a ampliar o debate sobre a alimentação saudável e as muitas dimensões da luta pela Reforma Agrária Popular.

Nota da Intersindical em defesa dos presos políticos da Greve Geral

Dia 28 de abril último, três ativistas do MTST foram presos sem que fosse apresentada qualquer prova contra eles. Juraci Alves dos Santos, Luciano Antonio Firmino e Ricardo Rodrigues dos Santos estão na carceragem do 63o DP até hoje, mantido presos sem nada comprovado, “em nome da ordem pública”, segundo a juíza Marcela Fillus Coelho, sem qualquer base a não ser o “relato” dos policiais militares.

CPT lançará o relatório Conflitos no Campo Brasil 2016

No dia 17 de abril, próxima segunda-feira, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) lançará sua publicação anual, Conflitos no Campo Brasil 2016. É a 32ª edição do relatório que reúne dados sobre os conflitos e violências sofridas pelos trabalhadores e trabalhadoras do campo brasileiro, neles inclusos indígenas, quilombolas e demais povos tradicionais. O lançamento ocorrerá

31M: PM de Uberlândia (MG) reprime brutalmente manifestação de trabalhadores do MTST

Em Uberlândia – MG, a PM reprimiu brutalmente a mobilização do MTST! Seriam 4 protestos em diferentes rodovias. Sem diálogo, a tropa de choque e mais viaturas de outros batalhões chegaram atirando e soltando bombas, ainda com a utilização de um helicóptero! Era evidente a orientação do governo para a brutalidade! A violência generalizada da

Belo Horizonte (MG) tem ampla mobilização contra a retirada de direitos e desmonte da aposentadoria

Em Belo Horizonte (MG), cerca de 70 mil trabalhadores realizaram uma ampla manifestação formada pela Intersindical, Brigadas Populares, as Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, entre outras entidades sindicais e de movimentos sociais.

Por que as ocupações urbanas de Campinas ocupam o centro da cidade?

Nós somos moradores das ocupações Nelson Mandela, Vila Paula, Itayu, Joana D`Arc e Capadócia, aqui de Campinas. Nesse dia 9 março, saímos das ocupações de madrugada e ocupamos o largo do Rosário, no centro de Campinas. Somos mulheres, homens, idosos, estudantes, vendedores, empregados domésticos, eletricistas, enfim, trabalhadores e trabalhadoras que decidiram ocupar o centro da cidade para exigir apenas uma coisa: nosso direito à moradia! Um direito negado constantemente pelo poder público.

Associação Paulista Viva pede retirada violenta de acampamento da resistência do MTST

A Associação Paulista Viva emitiu um posicionamento com ataques e mentiras sobre o MTST e mandou ofício para órgãos e parlamentares pedindo a retirada violenta da ocupação em frente ao Escritório da Presidência. Mostra seu incômodo com uma manifestação pacífica e com a presença de pobres na avenida.

Nota do MTST Brasil sobre a violência da polícia na Cehab e a criminalização do movimento

O dia 21 de fevereiro de 2017 ficará marcado como um dia de total descontrole do Estado de Pernambuco no que diz respeito à Segurança Pública. Se a população assistiu horrorizada os desdobramentos do assalto milionário a uma empresa de segurança pela manhã, não foi menos desesperador o campo de guerra criado pela polícia durante a tarde em frente a Companhia Estadual de Habitação de Obras de Pernambuco (CEHAB), no bairro de Campo Grande.

Acampamento do MST em Pernambuco é incendiado por capangas

O Acampamento Riacho de Pedra no município de Gameleira, Zona da Mata sul de Pernambuco, foi atacado na noite deste domingo (12). Camponeses relatam que, em torno das 22h, dois carros se aproximaram do acampamento e dispararam armas de fogo contra os acampados, que fugiram. Em seguida os atiradores atearam fogo em todos os barracos e pertences dos acampados. Os agricultores aguardavam posicionamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que prometera se posicionar em março.

MTST monta acampamento de resistência contra a retirada de direitos em frente ao escritório da Presidência da República, em SP, e exige Fora Temer!

Desde a noite da última quarta-feira (15),na Avenida Paulista, cerca de 400 pessoas, a maioria integrante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), estão acampadas em frente ao escritório da Presidência da República, protestando contra os retrocessos sociais deste governo golpista.

Nota das Brigadas Populares sobre a crise da segurança pública no Espírito Santo

Sufocados pela política econômica de Paulo Hartung, que concede mais de 4,5 bilhões de reais em isenções fiscais inconstitucionais a grandes empresas, enquanto corta do orçamento recursos destinados à serviços básicos, como saúde e educação, além de arrochar as condições de trabalho do funcionalismo público tendo como justificativa a falsa necessidade de ajuste fiscal sem limites para o Estado, desde sábado (04/02) policiais militares do ES, suas mulheres e demais familiares iniciaram um movimento por melhores condições de trabalho para a categoria, impedindo o policiamento ostensivo da PM em todas as regiões do Espírito Santo. Na prática, trata-se de uma grande articulação grevista com as seguintes demandas: o reajuste salarial de 43% (a polícia militar do ES tem o salário mais baixo do país e está sem revisão salarial há mais de sete anos), a criação da perspectiva de carreira, o auxílio-alimentação, o plano de saúde, o auxílio-periculosidade/insalubridade e o adicional noturno. Reivindicações mínimas e que qualquer categoria do funcionalismo público tem pleno direito.

Juventude Sem Terra ocupa prefeitura em defesa da Educação do Campo

“Os jovens representam a mística da luta pela Reforma Agrária e tudo que ela propõe, como saúde, educação, esporte e lazer”, destacou Valquiria Maria, da direção estadual do MST, durante ocupação realizada na manhã dessa segunda-feira (06) à Prefeitura Municipal do Prado, localizada no Extremo Sul da Bahia.

Sindifort, Intersindical e Frente Povo Sem Medo fazem ato na Câmara Municipal de Fortaleza

Manifestantes foram impedidos de entrar na casa do povo. Uma comissão de representantes foi recebida pelos vereadores No primeiro dia de funcionamento do Legislativo Municipal em 2017, servidores municipais de Fortaleza de diversas categorias e integrantes de movimentos populares, como o MTST e MBI, tiveram seu acesso às dependências da Câmara Municipal de Fortaleza barrado

Frente Povo Sem Medo realiza série de paralisações por todo o Brasil

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (11), diversas mobilizações de trabalhadoras e trabalhadores ganham força em todo o País. Trabalhadores da Frente Povo Sem Medo pararam e ocuparam fábricas, empresas e rodovias para chamar atenção contra a retirada de direitos que o governo Michel Temer tenta impor. Em São Paulo, as principais vias de

Policia invade ENFF sem mandado de busca e apreensão

Os policiais chegaram por volta das 09h25, pularam o portão da Escola e a janela da recepção e entraram atirando em direção às pessoas que se encontravam no local Na manhã desta sexta-feira (04), cerca de 10 viaturas da Polícia Civil invadiram a Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF) em Guararema, São Paulo. De acordo os

Julgado pela segunda vez, Marcos Prochet é condenado a mais de 15 anos de prisão

Mais de dezoito anos separam a morte do trabalhador rural sem-terra Sebastião Camargo e a condenação do assassino, o presidente da União Democrática Rualista (UDR), Marcos Menezes Prochet. Após quase 15 horas de júri popular, realizado nesta segunda-feira (31), em Curitiba, Prochet foi condenado a 15 anos e 9 meses de prisão. O ruralista foi levado preso, mas deve recorrer da decisão.

Massacre Anunciado: Famílias da ocupação Primeiro de Maio fazem manifestação em Betim

A ocupação Primeiro de Maio em Betim está com o despejo marcado para o próximo dia 2 de Novembro. A comunidade é altamente consolidada: são dezenas de famílias, mais de 77 casas de alvenaria construídas, campo de futebol, área verde protegida, criação de animais. A ocupação ocorreu em um terreno que há mais de 40

Nota do MST sobre julgamento do STJ sobre caso de criminalização em Goiás

O MST obteve uma importante vitória diante da onda de criminalização da política que avança no país com a decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), nesta terça-feira (18/10), de rejeitar o enquadramento de movimentos populares na lei de organização criminosa. O Plenário do STJ seguiu o relatório do ministro Sebastião Reis, que defendeu a

60 mil nas ruas de novo pelo ‘Fora Temer’, diretas já e contra retrocessos!

Não tem arrego: próxima mobilização agendada! Encerrou no Ibirapuera a manifestação de 60 mil pessoas pelo Fora Temer. A Polícia tentou intimidar, mas a marcha seguiu. A próxima já está marcada: No próximo domingo, dia 18, vamos ocupar de novo a Avenida Paulista a partir das 14h! Clique na imagem abaixo e confirme presença no

MST ocupa fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, interior de São Paulo.

Na manhã de hoje, cerca de 200 famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra, do MST, ocuparam a fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, próxima ao município de Franca-SP. A fazenda é objeto de ação federal por crime contra a liberdade individual. Em 2013, a Polícia Federal e o Ministério Público do Trabalho libertaram 28

Manifestação garantida neste domingo em SP

Apesar da Secretaria de Segurança Pública de SP tentar coibir o ato marcado para este domingo (4), as Frentes Povo Sem Medo e  Brasil Popular reiteram em nota oficial que não se calarão diante de ameaças veladas e desculpas esfarrapadas. NOTA OFICIAL DAS FRENTES POVO SEM MEDO E BRASIL POPULAR A Secretaria de Segurança Publica de

Protestos contra o golpe são massacrados e reprimidos com detenções em SP

Integrantes de movimentos sociais e sindicais ocuparam ontem (29) diversas vias públicas do país e prometem fazer o mesmo nesta terça-feira (30) e quarta-feira (31) em protestos contra o golpe orquestrado pela direita conservadora para implementar uma política recessiva e antipopular por meio das reformas previdenciária e trabalhista, entre outras. Em São Paulo, a manifestação

Domingo em defesa da democracia, contra o golpe de Temer e seus comparsas

O domingo (31) foi marcado por uma série de atos contra o golpe e o ilegítimo governo de Michel Temer em diversas cidades do país. Em São Paulo, mais de 40 mil pessoas ocuparam o Largo da Batata e caminharam rumo ao escritório político e as imediações da residência do presidente interino. Edson Carneiro Índio,

Resiste Maria Bonita! Nasceu um pedaço do sertão nas fronteiras da Região Metropolitana de BH

Resiste Maria Bonita Acorda, não arreda o pé Que o povo todo unido Não aceita despejo, constrói na fé! Uma nova ocupação surge na região metropolitana de BH. Uma comuna urbana em memória a Maria Bonita e aos espinhos da resistência sertaneja. Maria Bonita quer semear moradias na aridez da nossa metrópole, em um terreno

MST inaugura em São Paulo loja com produtos da agricultura familiar e orgânicos

“Local surge como alternativa em momento em que a sociedade está preocupada com o tipo de alimento que coloca em suas mesas”, afirma coordenador. Loja será aberta ao público no sábado (30) A cidade de São Paulo ganhará no sábado (30) uma loja de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar. Sediado no bairro de Campos

Dia 27: Lançamento da Frente Povo Sem Medo em Campinas

Convocatória Frente Povo Sem Medo Campinas Somos o Povo Sem Medo! Somos trabalhadores e trabalhadoras nas indústrias, nas ruas, nos escritórios, nas lojas, nos palcos; moradores e moradoras de ocupações, de periferia, do centro, de aluguel; estudantes secundaristas, universitários; desempregados; mulheres, e homens, indignados e indignadas contra os golpes contra o povo brasileiro. Passado um

Seminário “Liberdade de expressão em tempos de golpe” vai discutir a criminalização dos movimentos sociais

O Comitê pela Democratização da Comunicação do Distrito Federal realizará, no dia 23 de julho, o seminário Liberdade de Expressão e Criminalização em Tempos de Golpe, para discutir a criminalização dos movimentos sociais, o cerceamento à liberdade de expressão, o papel da mídia na ruptura democrática, o direito de resposta e a vigilância na internet

Defender Nossos Direitos, Radicalizar a Democracia!

FORA TEMER! O POVO DEVE DECIDIR! DEFENDER NOSSOS DIREITOS, RADICALIZAR A DEMOCRACIA! Não precisou nem dois meses para que as máscaras caíssem e as razões do golpe fossem expostas em praça pública. O aprofundamento de uma política antipopular e entreguista veio já nos primeiros dias. E logo ficou claro que a suposta batalha contra a

Família de movimentos de moradia tem consciência política fortalecida

Antropólogo acompanhou a trajetória de famílias de dois conjuntos habitacionais da Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo. Pesquisa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP mostra a utilização dos movimentos populares de moradia como instrumento de reivindicação de políticas sociais. A tese, defendida no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social,

Golpe no Paraguay: tribunal condena 11 camponeses por morte de policiais no massacre de Curuguaty

Camponeses foram considerados culpados e receberam penas de 4 a 30 anos de prisão; manifestantes pediram absolvição de acusados diante do tribunal. O tribunal que julga o caso do massacre de Curuguaty, que em 2012 causou a morte de 17 pessoas (11 camponeses e seis policiais) e foi usado como pretexto para a destituição do

Declaração da Frente Povo Sem Medo

Julho de 2016 – Não precisou nem dois meses para que as máscaras caíssem e as razões do golpe fossem expostas em praça pública. O aprofundamento de uma política antipopular e entreguista veio já nos primeiros dias. E logo ficou claro que a suposta batalha contra a corrupção serviu mesmo para levar uma quadrilha ao comando do

Venda de terras para estrangeiros: ameaça à soberania nacional e ao acesso à terra

Michel Temer (PMDB) deve apoiar votação de PL que libera a compra de terras por pessoas físicas e jurídicas de outros países. PL da bancada ruralista está pronto para ser votado na Câmara. Na semana passada, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que o presidente interino Michel Temer mandará uma mensagem ao Congresso Nacional

“Quem está na ponta da repressão dos movimentos populares é a polícia”

Para Marcelo Lavenère o Poder Judiciário no Brasil ainda reflete as origens de um Brasil patrimonialista e submetido às oligarquias locais. Em entrevista ao MST, o advogado autor do pedido de impeachment de Fernando Collor, em 1992, e apoiador da ação dos movimentos populares, Marcelo Lavenère, analisa como o Poder Judiciário atua progressivamente, articulado com

PM de MG despejou na manhã desta segunda-feira cerca de 200 famílias das Ocupações Maria Vitória e Maria Guerreira, em Belo Horizonte

“Nota pública de denúncia e de clamor por sensatez” emitida nesta manhã pelas Brigadas Populares de Minas Gerais Dona Efigênia, durante vigília, nessa noite fria de Belo Horizonte, MG, clama para que as 200 famílias das Ocupações Maria Vitória e Maria Guerreira, no bairro Copacabana (rua Blumenau, próximo aos bairros Santa Amélia e São João

Ocupações Maria Guerreira e Maria Vitória ocupam a Casa dos Direitos Humanos em denuncia ao despejo na próxima segunda-feira (20)

Em luta por moradia, as famílias das ocupações Maria Guerreira e Maria Vitória, ocupam agora a casa dos direitos humanos denunciando o despejo marcado para segunda-feira próxima. A Polícia Militar de Minas Gerais notificou que realizará o despejo nesta data a despeito das negociações que estavam ocorrendo com o Estado em busca de um terreno

Fora Temer na sexta-feira ganha as ruas de todo o país contra o golpe e a retirada de direitos!

Uma grande mobilização nacional marcou a sexta-feira, 10 de junho, em todo o país, em protestos contra o governo ilegítimo de Michel Temer e a agenda do golpe. Logo pela manhã trabalhadores químicos, bancários e metalúrgicos, entre outras categorias, cruzaram os braços em diversas localidades, para discutir a agenda do golpe e disseram “não, nós

Campanha de solidariedade aos presos políticos do MST recebe manifestações do Brasil e exterior

Conjunto diverso de organizações denuncia as ações de perseguição e criminalização do Movimento. Organizações de diversos campos de atuação, do Brasil e do exterior, manifestam solidariedade ao processo de criminalização sofrido pelo MST e manifestam repudio à ação da classe dominante conservadora em impedir, por ação judicial e uso progressivo de repressão, a luta empenhada

Dia 7: Rolezinho sem Temer!

No Shopping Iguatemi, em São Paulo! Vamos fazer um Rolezinho Sem Temer! Nos últimos dias as manifestações de rua estão conseguindo desestabilizar o governo, que está sendo obrigado a recuar de suas medidas de ataque. Já caíram dois ministros, voltaram atrás do Ministério da Cultura, do corte do Minha Casa Minha Vida Entidades, tiveram que

Top