fbpx

Notícias articles

greve dos entregadores

Inédita mobilização marca a greve dos entregadores de aplicativos

Inédita mobilização marca a greve dos entregadores de aplicativos

oje, 1° de julho, acontece a Greve dos Entregadores vinculados à plataformas digitais de delivery. Somente na iFood são 170 mil trabalhadores vinculados, o números de trabalhadores e trabalhadores neste tipo de atividade cresceu 300% em alguns aplicativos desde o início da pandemia.

mp 979

Nota de REPÚDIO à MP 979/2020: Em defesa da autonomia universitária

A Intersindical REPUDIA a Medida Provisória 979/2020 (MP 979/20), que trata da escolha de reitores e reitoras das Universidades, Institutos Federais e CEFET. A Medida Provisória determina que “não haverá processo de consulta à comunidade, escolar ou acadêmica, ou a formação de lista tríplice para a escolha de dirigentes das instituições federais de ensino durante o período de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da pandemia da COVID-19”.

coronavirus uruguai

Intervenção sobre a COVID-19 no Uruguai do dirigente sindicalista e membro da FSM, Marcos Lombardi, em entrevista com Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical

Entrevista de intervenção com a Intersindical Central de Trabalhadores do Brasil Marcos Lombardi* Demandas de movimentos sociais e trabalhadores No Uruguai, os 4 primeiros casos de Covid-19 foram detectados em 13 de março de 2020. O vírus entrou no Uruguai, como na maioria dos países através do aeroporto, e certamente na Primeira Classe, portanto, e a

Nota pública contrária à manutenção de dispositivos prejudiciais aos trabalhadores e trabalhadoras no parecer da Medida Provisória Nº 927/2020 

O FÓRUM INTERINSTITUCIONAL DE DEFESA DO DIREITO DO TRABALHO E DA PREVIDÊNCIA SOCIAL – FIDS, integrado por entidades de representação do mundo do trabalho e do campo social, organizações de trabalhadores, professores e pesquisadores, vem publicamente manifestar sua parcial contrariedade ao Parecer da Medida Provisória no 927/2020…

Cuba condena o terrorismo e a manipulação política

O Ministério de Relações Exteriores expressa o seu enérgico rechaço à caluniosa inclusão da República de Cuba em uma lista do Departamento de Estado dos Estados Unidos, relativa a países que supostamente não cooperam plenamente com os esforços estadunidenses contra o terrorismo, tornada pública em 13 de maio de 2020, e rejeitada de forma contundente pelo Presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez.

programa emergencial de geração de emprego e renda

Agenda Legislativa: PL 2667/20 – Entenda o Projeto de Lei do Programa Emergencial de Geração de Emprego e Renda

A Bancada do PSOL apresentou, no dia 14/05, à Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 2667/2020 que cria o Programa Emergencial de Geração de Emprego e Renda com vigência até dezembro deste ano é que tem como objetivo garantir a emprego de a renda de milhões de trabalhadores e trabalhadoras afetadas pelas consequências econômicas da pandemia do COVID-19. 

“Não podem querer que as pessoas sejam colocadas frente à uma Escolha de Sofia, entre escolher morrer de vírus ou morrer de fome”, explica Arthur Araújo

Arthur Araújo, economista, engenheiro e consultor é entrevista pelo Secretário Geral da Intersindical, Edson Carneiro Índio, e apresenta um leitura sobre a situação atual do país, em especial indicando possibilidades de ações do campo de oposição no sentido de retomar o protagonismo frente ao bolsonarismo. Índio: Arthur, você tem sido uma voz muito importante e

“Um governo que gasta na moeda que ele próprio emite não possui, por definição, nenhuma restrição financeira”, afirma Dimitrios Sacute.

Na semana passada, dia 27 de abril, batemos um papo com Dimitrios Sacute, membro do coletivo Política Econômica da Maioria – POEMA, sobre as medidas de política econômica necessárias para fortalecer a saúde pública e fazer frente à crise econômica em parte causada pela pandemia. Também pedimos ao companheiro, por e-mail, para resumir suas colocações

Nota de repúdio – A expulsão da diplomacia venezuelana é um crime contra a nossa constituição e nossa história

É dever de todas organizações democráticas repudiar a ação criminosa do governo Brasileiro e defender de forma contundente a soberania dos povos. A solução para a crise venezuelana será obra de seu próprio povo, não aceitamos nenhum tipo de intervenção. 

Nota da Intersindical sobre o 1º de Maio

Mesmo NÃO TENDO CONCORDÂNCIA com a presença destes personagens em nosso ato, decidimos por construí-lo, porque nosso compromisso é exclusivamente com a classe, e ela estará participando, mesmo que virtualmente, no 1° de Maio. Não poderíamos deixar de colocar nossa posição perante os trabalhadores e trabalhadoras neste momento. A Intersindical apresenta à classe trabalhadora neste 1° de Maio sua posição e compromisso de luta, expressos nos seguintes pontos:

“O coronavírus foi uma lupa sobre o problema social de São Paulo” afirma Gianazzi

Índio, Secretário Geral da Intersindical entrevistou Celso Gianazzi, vereador em São Paulo pelo PSOL e membro da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores. Ele fala sobre os desafios enfrentados no município diante da pandemia e afirma que o problema é a vontade política da Prefeitura e não a falta de recursos públicos.

Nota pública do FIDS aos Senadores da República contra a votação da Medida Provisória 905

O FÓRUM INTERINSTITUCIONAL DE DEFESA DO DIREITO DO TRABALHO E DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, FIDS, integrado por entidades de representação do mundo do trabalho e do campo social, organizações de trabalhadores, professores e pesquisadores, endossando notas já veiculadas a respeito, em especial a recente Nota encaminhada a Vossas Excelências pelo FÓRUM EM DEFESA DOS DIREITOS DOS TRABALHADORES AMEAÇADOS PELA TERCEIRIZAÇÃO, que integra uma de suas coordenadorias, vem a público manifestar-se total e substancialmente contrário à inclusão em pauta ou aprovação da Medida Provisória 905 pelo Senado Federal, sendo fundamental que a MP caduque nesta segunda-feira, dia 20 de abril de 2020.

Nervos de aço e controle territorial

O desespero da direita internacional liderada pelos Estados Unidos os leva, pela primeira vez, a oferecer 15 milhões de dólares a quem aprisionar o presidente Nicolas Maduro e outros líderes da Revolução Bolivariana, uma semana depois propõe um plano de transição, com um conselho de Estado sem a incorporação do autoproclamado e a exclusão de nosso presidente constitucional Nicolás Maduro.

“A MP 927 contraria o Princípio da Inalterabilidade Lesiva” afirma o magistrado do trabalho, Hugo Mello

Edson Carneiro Índio – Secretário Geral da Intersindical entrevista o juiz do trabalho Hugo Cavalcanti Melo Filho, membro da direção da Associação Latino-Americana de Juízes do Trabalho (ALJT) que apresenta o impacto das alterações da regulação do trabalho em tempos de coronavírus. Índio: Hoje vamos falar sobre a MP 927. Esta medida do governo Bolsonaro,

plataforma emergencial para o enfrentamento da pandemia

Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus e da Crise Brasileira

Ação conjunta das Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo, centrais sindicais, movimentos sociais, populares e estudantis, partidos políticos, tradições religiosos e entidades da sociedade civil, aconteceu hoje (31) o lançamento da Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus e da Crise Brasileira.

solidariedade aos metroviários

Nota de solidariedade aos metroviários

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora apoia a luta dos trabalhadores e trabalhadoras do metrô em defesa da vida. Tudo que não é essencial neste momento de pandemia deve ser paralisado, para evitar o crescimento do contágio e poupar vidas. O Metrô e o trem deveriam atender apenas as pessoas que estão no combate ao coronavírus que causa a Covid 19 e aqueles que estão em busca de ajuda médica.

Que o Congresso Nacional assuma o protagonismo: devolva a cruel MP927!

As Centrais Sindicais, reunidas virtualmente nesta segunda feira, afirmam que a Medida Provisória 927, editada pelo Governo Federal, na calada da noite de domingo, 22 de março, é cruel e escandalosa. Chega a ser surreal pensar que um presidente da República possa agir de maneira tão discriminatória e antissocial, jogando nas costas dos trabalhadores mais

mp de bolsonaro

Nota de Juízes do Trabalho contra MP de Bolsonaro que suspende contrato de trabalho durante pandemia

A ANAMATRA (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho), representativa de quase 4 mil magistrados e magistradas do Trabalho de todo o Brasil, vem a público manifestar seu veemente e absoluto repúdio à Medida Provisória nº 927/2020, que dispõe sobre “medidas trabalhistas” a serem adotadas durante o período da pandemia Covid-19 (coronavírus).

estado de calamidade

Estado de calamidade é medida inócua, desnecessária e ilegítima

Para tratar de calamidades na área de saúde, inexiste lei com o mesmo detalhamento, mas requerer ao Congresso o “reconhecimento” de estado de calamidade, ou de emergência, é medida inócua, desnecessária e ilegítima, se não para obrigar os membros do Congresso Nacional a compartilharem responsabilidades ou, o que é pior, concederem ao Chefe do Executivo poderes de que não necessita, para cumprir suas obrigações como Chefe da Nação.

mp 905

Por 14 a 1, comissão mista aprova MP 905 do “Contrato de Trabalho Verde e Amarelo”

Numa reunião absolutamente atípica, a comissão mista da MP 905/19, que instituiu o “Contrato de Trabalho Verde e Amarelo” aprovou, por 14 a 1, o PLV (projeto de lei de conversão) 4/20, do relator, deputado Christino Aureo (PP-RJ). Importante destacar que foi a única comissão deliberativa que funcionou — na Câmara e no Senado — nesta terça-feira (17).

trabalho ambulante

Trabalho Ambulante: a luta pela sobrevivência e a experiência de Belo Horizonte | CONJUNTURA EM MOVIMENTO #21

O programa Conjuntura em Movimento desta semana conversou com Marcos Alexandre (o China) e André Luiz, trabalhadores ambulantes de Belo Horizonte (MG), sobre as dificuldades e perspectivas do trabalho informal de rua, dentro do contexto da necessidade para continuar sobrevivendo em um cenário de alto desemprego e cada vez menos direitos trabalhistas.

dia da mulher, edileuza fortuna, rita lima

Especial 8 de março, Dia Internacional da Mulher: desafios e lutas | CONJUNTURA EM MOVIMENTO #20

Neste Dia Internacional de Luta das Mulheres, conversamos com Edileuza Fortuna e Rita Lima, ambas da Direção Nacional da Intersindical e do coletivo Mulheres da Intersindical. O dia da mulher remete a diversas reflexões sobre a conjuntura e seus impactos nas vidas das mulheres trabalhadoras, especialmente com os ataques aos serviços públicos e as reformas atuais, como a Trabalhista e da Previdência. Além de ainda ser motivo de debates nas instituições políticas, entidades sindicais e outros espaços de luta. Apresentação Rita Lima.

derrotar bolsonaro

Ocupar as ruas em defesa dos direitos, da democracia e para derrotar Bolsonaro

O governo de Jair Bolsonaro atua para destruir os direitos da classe trabalhadora, desmontar o Estado, entregar as empresas estatais e as riquezas naturais do país, devastar as terras indígenas para entregá-las à sanha de mineradoras e agronegócio. Para tudo isso, Bolsonaro conta com apoio e votos da maioria do Congresso Nacional, do STF, da Rede Globo, Folha SP e da grande mídia. O que está em curso, portanto, é um projeto de destruição nacional para subordinar o país atender aos interesses do capital financeiro e dos Estados Unidos.

Top