Notícias articles

Ao Governo de Pernambuco: NÃO à perseguição política a Áureo Cisneiros

Nota da INTERSINDICAL ao Governo do Estado de Pernambuco em repúdio ao processo de perseguição política a Áureo Cisneiros

Nota da INTERSINDICAL ao Governo do Estado de Pernambuco em repúdio ao processo de perseguição política a Áureo Cisneiros

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora vem manifestar seu mais profundo repúdio ao processo de perseguição política levado a cabo pelo Governo do Estado de Pernambuco contra uma das mais importantes lideranças do movimento sindical do estado, o companheiro Áureo Cisneros, Presidente do Sinpol/PE.

Centrais definem eixos para o 1º de Maio unificado em Curitiba

Centrais definem eixos para o 1º de Maio unificado em Curitiba

Sete centrais sindicais decidiram ontem os eixos principais do inédito Ato Unificado de 1º de Maio, que acontecerá em Curitiba. A defesa dos direitos trabalhistas, previdenciários e sociais, a exigência de emprego para todas/os, a defesa da democracia e da liberdade para Lula entre outros pontos, conformam os eixos da unidade fundamental neste momento grave para o povo brasileiro.

1º de Maio em defesa dos direitos e da democracia | INTERSINDICAL

1º de Maio de luta será em defesa dos direitos e da democracia

Nas diversas capitais do país, trabalhadoras e trabalhadores sairão às ruas neste 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, para exigir o restabelecimento dos direitos e da democracia. O esclarecimento do assassinato de Marielle e a liberdade do ex-presidente Lula estarão no centro das exigências da classe trabalhadora. O Ato Nacional Unitário do 1º de Maio em Curitiba e manifestações por todo o país.

43% das novas empresas da “lista suja” do trabalho escravo são do agronegócio

43% das novas empresas da “lista suja” do trabalho escravo são do agronegócio

No período entre 2003 e 2014, o agronegócio foi campeão absoluto na utilização do trabalho escravo, com praticamente 80% dos trabalhadores libertados do trabalho em lavouras, plantação de cana, desmatamento e pecuária. Só esta última foi responsável por 30% dos casos.

AEC Centro de Contatos condenada por limitar ida de empregado ao banheiro

AEC Centro de Contatos é condenada por limitar ida de empregado ao banheiro

A empresa de teleatendimento AEC Centro de Contatos foi condenada a pagar indenização de R$ 500 mil por danos morais coletivos por limitar 5 minutos como tempo máximo dos empregados para irem ao banheiro. A decisão é da  juíza titular da 3ª Vara do Trabalho em Campina Grande, Nayara Queiroz Mota de Sousa, em ação civil pública do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, (MPT-PB)

Comissão aprova movimentação do FGTS em pedido de demissão

Comissão aprova movimentação do FGTS em pedido de demissão

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado em reunião realizada, nesta quarta-feira (11), aprovou o PLS 392/16, da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), que altera o inciso I do artigo 20 da Lei 8.036, de 11 de maio de 1990, para permitir a movimentação da conta vinculada do trabalhador no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na hipótese de pedido de demissão.

Bancário reclama de falta de isonomia e recebe gratificação por demissão

Bancário reclama de falta de isonomia e recebe gratificação por demissão

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito de um bancário ao recebimento de gratificação especial que o Banco Santander pagava a apenas alguns empregados no momento da demissão. Conforme jurisprudência do TST, o pagamento da gratificação especial rescisória a apenas alguns empregados sob o pretexto de mera liberalidade do empregador afronta o princípio da isonomia (igualdade).

Primeiro de maio de 2018: Com internacionalismo e solidariedade!

No Brasil, a Intersindical participará de manifestações unitárias nos Estados e do 1° de Maio Nacional em Curitiba. Em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, da soberania nacional, da democracia e por Lula livre. A Federação Sindical Mundial (FSM), em nome de seus mais de 92 milhões de filiados em todo o mundo, saúda este dia a todos os trabalhadores que vivem, trabalham e lutam em todos os cantos do mundo. O Primeiro de Maio foi, é e será um guia para as lutas de ontem e de amanhã. O primeiro de maio deve ser uma mensagem de resistência contra a burguesia, os imperialistas e as políticas de suas alianças internacionais.

10 características do fascismo brasileiro

10 características do fascismo brasileiro

O fascismo não pode ser entendido como experiências históricas europeias isoladas e datadas, mas como uma corrente de pensamento, que de diferentes formas e intensidade, permanece até os nossos dias e disputa a condução da sociedade, cada vez mais próxima e mesclada com o liberalismo. No caso brasileiro, as características do fascismo estão associadas às condições específicas de nosso país, que é herdeiro de uma situação colonial, da escravidão, da dependência econômica, da ausência de uma elite nacionalista e de uma posição subalterna frente ao imperialismo.

Resolução: Em Defesa da Democracia: LULA LIVRE! | INTERSINDICAL

Resolução: Em Defesa da Democracia: LULA LIVRE!

A prisão do presidente Lula é um acinte à democracia, à Constituição Federal, e indigna milhões de trabalhadoras e trabalhadores. Baseado em um julgamento repleto de vícios e inconstitucionalidades para intervir nas eleições de 2018, Lula foi condenado a ficar mudo e encarcerado para não poder falar com o povo. A toga age como chefe de partido do capital financeiro e da direita para impor e manter um golpe que visa permitir ao rentismo se apropriar ainda mais da riqueza produzida pelo trabalho, da renda pública e dos bens naturais.

Reforma Trabalhista: salário, remuneração e contratações precárias

Reforma Trabalhista: salário, remuneração por produtividade e contratações precárias na nova lei laboral

Na série desta segunda-feira (2), de perguntas e respostas sobre a Reforma Trabalhista responderemos sobre o que é considerado salário, na nova lei, a renumeração por produtividade, que pode ser inferior ao mínimo, e, ainda, sobre novas modalidades de contratações precárias.

Assembleia na EMS, em Hortolândia, discute campanha salarial

Assembleia na EMS, em Hortolândia, discute campanha salarial

O Unificados realizou em 27/03, assembleias para tratar da Campanha Salarial do Setor Farmacêutico na EMS, em Hortolândia. Até o momento os patrões ainda não marcaram data de negociação apesar de estarem com a pauta de reivindicações desde o dia 07/03 e também de já estarmos bem perto da data base da categoria que é 1º de abril.

Classe trabalhadora não pode se calar diante do fascismo

Frente ampla contra o fascismo

É gravíssima a escalada da violência, do fascismo e da degeneração da democracia brasileira, golpeada desde 2016. O infame assassinato de Marielle e os ataques a tiros à caravana de Lula na tarde de ontem, dia 27, entre outros atentados de violência, são demonstrações inequívocas de que os setores democráticos, progressistas e da esquerda precisam conformar uma ampla frente democrática contra o fascismo e o avanço da direita.

Sampaprev: Dória derrotado. A previdência não irá para os bancos!

Sampaprev: Dória é derrotado. Está suspensa entrega da previdência para os bancos!

O governo Dória não conseguiu reunir os 28 votos dos vereadores e o Sampaprev (PL 621) foi retirado da pauta na tarde de ontem, dia 27. Pressionados pela greve histórica e pela presença de mais de 100 mil pessoas em frente à Câmara Municipal, os vereadores da base governista recuaram no intento de estabelecer já o Sampaprev.

Amauri Soares, PM da reserva: "Segurança pública é só pretexto"

Amauri Soares: “Segurança pública é só pretexto. Estão ali para que o povo pobre não se levante”

O caso da execução da vereadora Marielle Franco, no último dia 14, trouxe à tona a discussão sobre segurança pública e o mercado de armas e munições no Brasil. Para compreender melhor este cenário, a INTERSINDICAL conversou Amauri Soares, Policial Militar da reserva pelo estado de Santa Catarina e membro da Executiva Nacional da central.

Manifesto dos trabalhadores eletricitários por um setor elétrico público, eficiente e para todos

Manifesto dos trabalhadores eletricitários por um setor elétrico público, eficiente e para todos

A reforma neoliberal da era FHC teve por base dois processos gêmeos, a privatização e a mercantilização. A privatização pretendia acabar com monopólios estatais no setor, elevar a eficiência das empresas e incentivar os investimentos privados. Já a mercantilização era complementar à privatização e, com a energia sendo tratada como uma mercadoria qualquer, os novos agentes privados concorreriam entre si, levando ao barateamento do preço da energia para os consumidores.

TST reverte pedido de demissão não homologado por sindicato

TST reverte pedido de demissão não homologado por sindicato

Vendedora disse que foi coagida a pedir demissão após retornar da licença-maternidade A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho deu provimento a recurso de uma ex-vendedora da Valisère Indústria e Comércio Ltda. para anular seu pedido de demissão e condenar a empresa ao pagamento das diferenças rescisórias. Segundo a decisão, o descumprimento da formalidade

Intersindical participa do Fórum Social Mundial 2018 | INTERSINDICAL

Intersindical participa do Fórum Social Mundial 2018

Salvador (BA) foi território do Fórum Social Mundial -2018, entre os dias 13 e 17 de março, 17 anos após sua primeira edição em Porto Alegre. Foram milhares de militantes sociais e ativistas de várias partes do mundo que se reuniram na capital baiana com a perspectiva de levar adiante a “semente transformadora” do FSM.

Amauri Soares: A munição que matou Marielle | INTERSINDICAL

Amauri Soares | A munição que matou Marielle

Como dizia, “um” policial não pode desviar sozinho tantas munições. Falo porque trabalhei com isso. Tem um conjunto de procedimentos exigidos para se movimentar ou usar munições, mesmo que para instrução, e sua posterior descarga (devolução das cápsulas vazias ao local de origem). Munições transportadas pelos Correios? Quem autorizou isso é co-responsável por todas as mortes que tais munições causaram!

Ameaça de despejo ilegal à Ocupação Povo Sem Medo - RJ!

Ameaça de despejo ilegal à Ocupação Povo Sem Medo – RJ!

No dia de ontem, 16/03, moradores da Ocupação Povo Sem Medo – RJ, no bairro da Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro, foram ameaçados por homens armados nos arredores da Ocupação. A antiga proprietária do imóvel, a empresa Bergitex, já tentou despejo ilegal uma vez, com utilização de homens armados à paisana. Mais uma vez, a vida das centenas de famílias que ocupam o imóvel abandonado há mais de vinte anos pela Bergitex têm suas vidas colocadas em risco.

O Martírio de Marielle Franco | INTERSINDICAL

O Martírio de Marielle

A execução na última quarta-feira (14) da vereadora do PSOL no Rio de Janeiro, Marielle Franco deu início a uma comoção nacional sem precedentes na história recente do país. Não por acaso seu martírio – consequência do seu compromisso com a luta e a dignidade das mulheres negras e do povo das periferias cariocas – despertou milhares de pessoas em uma onda de manifestações que tomou o Brasil no dia 15.

Benki Piyãko Ashaninka, liderança indígena, está sendo acusado injustamente!

Liderança indígena, Benki Ashaninka, defensor dos direitos humanos e ativista ambiental, está sendo acusado injustamente!

Após sofrer ameaças na cidade de Marechal Thaumaturgo/AC, Benki Piyãko, liderança Ashaninka do Alto Juruá, fez denúncia à polícia para relatar os riscos de violência que estava sofrendo, em razão de sua atuação como ativista ambiental, internacionalmente premiado e reconhecido, e liderança da Comunidade Ashaninka do Rio Amônia.

Greve dos Correios contra precarização da carreira termina

Greve dos Correios contra precarização da carreira termina, mas trabalhadores não veem avanços

Fim da greve dos Correios Terminou nesta quarta-feira (14) a greve dos trabalhadores dos correios que durou 3 dias, desde o dia 11 de março. Os trabalhadores iniciaram a greve contra cobrança de mensalidades no plano, contra o sucateamento da empresa, contra o fim dos cargos de OTTs e atendentes comerciais. Plano de saúde A categoria

A culpa da informalidade é do 'alto' salário mínimo, diz Banco Mundial

A culpa da informalidade é do ‘alto’ salário mínimo, diz Banco Mundial

Parece uma fakenews se não fosse o relatório oficial de uma instituição internacional. O Banco Mundial publicou no último dia 07 (março) estudo que indica o “alto” salário mínimo brasileiro como causa do aumento da informalidade, na mesma oportunidade indica que o salário mínimo brasileiro deveria ser reajustado conforme a produtividade do trabalho.

Mulheres do Pará ocupam as ruas neste 8 de Março!

Mulheres do Pará ocupam as ruas neste 8 de Março!

O SINTEPP marcou presença na marcha alusiva ao Dia Internacional das Mulheres, que aconteceu na manhã quinta-feira, 8, em Belém. Nossa entidade em sua fala saudou as participantes e ressaltou que não poderia deixar de comparecer a deste momento de união das mulheres aguerridas, valorosas e que ao logo destes anos de luta conquistaram importantes direitos na Federação e no Estado do Pará.

Unificados realiza ato na porta da fábrica Yamá no Dia das Mulheres

Unificados realiza ato na porta da fábrica Yamá pelo Dia Internacional das Mulheres

Um ato de conscientização, luta e resistência foi realizado nessa manhã de 8 de março, Dia Internacional da Mulher, na fábrica da Yamá, em Cotia. Dirigentes da região de Osasco estiveram no local para falar aos trabalhadores, em especial às mulheres, sobre a importância da luta para combater o machismo, a exploração e as ações de violência historicamente cometidas contra as mulheres.

Se há conflito, Constituição prevalece sobre a lei, diz presidente do TST

Na cerimônia de posse da direção do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Michel Temer teve de escutar críticas à Lei 13.467, de “reforma” da legislação trabalhista. Já o novo presidente da Corte, João Batista Brito Pereira, disse que a administração “não sonha com unanimidade, mas com unidade”. Com Temer à direita e o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, à esquerda, ele afirmou que a lei será cumprida, mas acrescentou que cabe ao Judiciário aplicá-la. “Se e quando a lei estiver em conflito com a Constituição, prevalece a Constituição.”

Após negociação tensa no HF, edital do Ideas é corrigido

 Instituto Ideas publicou, no final da tarde desta segunda-feira (26/2), um edital de seleção interna repleto de irregularidades e provocou reação imediata do Sindicato e das trabalhadoras e trabalhadores do Hospital Florianópolis. A assembleia geral que estava marcada para o início da tarde foi adiantada para as 07h, quando os trabalhadores reunidos exigiram a abertura de negociação para correção do edital. Os principais problemas apontados foram o aumento de carga horária, a exclusão de cargos, a incompatibilidade dos salários de diversos cargos e a diminuição de vagas.

Mulheres perdem mais postos de trabalho formal

Mulheres perdem mais postos de trabalho formal

Segundo estudo realizado pelo DIEESE, com dados do Caged, as mulheres perderam 42,5 empregos formais no de 2017. No ano de 2017 foram fechados 20,8 mil postos de trabalho no Brasil, um número que ainda não reflete as mudanças negativas da formalização implementadas pela reforma trabalhistas, que só entrou em vigor em novembro do ano passado.

Campanha alerta para a realidade do trabalho escravo no Brasil

Campanha alerta para a realidade do trabalho escravo no Brasil

Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28 de janeiro), o Ministério Público do Trabalho lançará em Fortaleza, na próxima segunda-deira, a campanha nacional “Baseado em Fatos Surreais”. São mais de 20 peças publicitárias, entre vídeos, spots, anúncios para revistas, outdoor, busdoor e conteúdo direcionado às redes sociais.

Todo apoio ao Sintraturb e demais sindicatos catarinenses

Todo apoio ao Sintraturb, Centrais e demais sindicatos catarinenses

Protesto não é crime! Nota de solidariedade da Intersindical ao Sintraurb de demais sindicatos catarinenses. A INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora denuncia a lastimável proposta do Vereador Bruno Souza, membro do grupo de extrema-direita MBL, que colocará em votação na Câmara Municipal de Florianópolis/SC, hoje (21/02) às 15h30, uma moção de repúdio ao Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Urbano da Grande Florianópolis) e demais entidades sindicais que organizaram o vitorioso Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, na última segunda-feira (19/fev).

SINAI-RN participa de ato Contra a Reforma da Previdência

Dia de Luta: SINAI-RN participa de ato Contra a Reforma da Previdência

Nesta segunda-feira (19) o SINAI-RN participou do ato local unificado alusivo ao Dia Nacional Contra a Reforma da Previdência, convocado pelas principais centrais sindicas do Brasil, entre elas a INTERSINDICAL. Trabalhadores da administração indireta e das mais diversas áreas se uniram para dizer não à Reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer.

Pressão popular enterra deforma da previdência

O Dia Nacional de Luta em defesa da aposentadoria neste 19/02 foi decisivo para inviabilizar a votação da reforma da previdência neste ano. O dia de luta foi marcado por greves, paralisações e grandes mobilizações em todo o país. Em São Paulo, além das paralisações, mais de 20 mil pessoas lotaram a Avenida Paulista pra protestar contra a tentativa de Temer entregar a previdência pública para os bancos.

intersindical, manifestação, reforma da previdência (PEC 287)

Trabalhadores/as realizam atos e paralisações em defesa da Previdência

Trabalhadores da farmacêutica Astrazeneca participaram de um ato organizado pelo Unificados nesta segunda-feira, 19/02, Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência Social. A fábrica localizada em Cotia conta com cerca de 1.200 trabalhadores/as. Diversas categorias profissionais e movimentos populares realizam desde as primeiras horas de hoje assembleias com atrasos de jornada, paralisações e greves em protesto a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287) que impedirá a aposentadoria de milhões de brasileiros/as.

Bancários realizam pedágio contra a Reforma da Previdência

Bancários realizam pedágio contra a Reforma da Previdência

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e a Intersindical Central da Classe Trabalhadora realizou pedágio nesta segunda-feira (Dia Nacional de Paralisações e Manifestações), dia 19/2, a partir das 11h, em frente à Estação da Cidadania, na Av. Ana Costa (340), em Santos/SP, com faixas e entrega de carta aberta à população denunciando o desmonte da Previdência com a Reforma que o governo tenta aprovar no Congresso Nacional.

Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência

Trabalhadores paralisam atividades neste Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência Social

O dia 19 de fevereiro acordou com uma forte mobilização em torno da luta contra a Reforma da Previdência, proposta pelo governo Temer. As centrais sindicais e movimentos sociais realizaram nas primeiras horas da manhã manifestações nos aeroportos em todo o Brasil, com abordagem aos deputados e assessores que se dirigiam à Brasília, mostrando a indignação do povo em frente à proposta.

Nota da Intersindical-RJ em repúdio à intervenção militar no Rio de Janeiro

Nota da Intersindical-RJ em repúdio à intervenção militar no Rio de Janeiro

A crise da segurança pública no RJ é demonstração clara de que a política de guerra as drogas fracassou, gerando como consequência perversa o genocídio da juventude negra nas favelas. O emprego das Forças Armadas para tratar a segurança pública já aconteceu no contexto dos megaeventos no Rio de Janeiro sem haver sequer melhora no quadro de violência.

Top