fbpx

Intersindical articles

plataforma emergencial para o enfrentamento da pandemia

Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus e da Crise Brasileira

Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus e da Crise Brasileira

Ação conjunta das Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo, centrais sindicais, movimentos sociais, populares e estudantis, partidos políticos, tradições religiosos e entidades da sociedade civil, aconteceu hoje (31) o lançamento da Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia do Coronavírus e da Crise Brasileira.

solidariedade aos metroviários

Nota de solidariedade aos metroviários

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora apoia a luta dos trabalhadores e trabalhadoras do metrô em defesa da vida. Tudo que não é essencial neste momento de pandemia deve ser paralisado, para evitar o crescimento do contágio e poupar vidas. O Metrô e o trem deveriam atender apenas as pessoas que estão no combate ao coronavírus que causa a Covid 19 e aqueles que estão em busca de ajuda médica.

Que o Congresso Nacional assuma o protagonismo: devolva a cruel MP927!

As Centrais Sindicais, reunidas virtualmente nesta segunda feira, afirmam que a Medida Provisória 927, editada pelo Governo Federal, na calada da noite de domingo, 22 de março, é cruel e escandalosa. Chega a ser surreal pensar que um presidente da República possa agir de maneira tão discriminatória e antissocial, jogando nas costas dos trabalhadores mais

derrotar bolsonaro

Ocupar as ruas em defesa dos direitos, da democracia e para derrotar Bolsonaro

O governo de Jair Bolsonaro atua para destruir os direitos da classe trabalhadora, desmontar o Estado, entregar as empresas estatais e as riquezas naturais do país, devastar as terras indígenas para entregá-las à sanha de mineradoras e agronegócio. Para tudo isso, Bolsonaro conta com apoio e votos da maioria do Congresso Nacional, do STF, da Rede Globo, Folha SP e da grande mídia. O que está em curso, portanto, é um projeto de destruição nacional para subordinar o país atender aos interesses do capital financeiro e dos Estados Unidos.

Intersindical debate a PEC da Reforma Sindical com escritório de advocacia

O Diretor Nacional da Intersindical, Antônio Carlos Cordeiro, participou nesta semana do programa Crivelli Convida, onde debateu e esclareceu o papel das centrais sindicais na PEC da Reforma Sindical (PEC 196/19). O programa é uma iniciativa do escritório Crivelli Advogados Associados. ASSISTA:

protesto na fiesp

03/02: Em defesa de empregos, centrais fazem PROTESTO NA FIESP

O protesto foi marcado para acontecer na frente da Fiesp por várias razões, principalmente porque o presidente da entidade patronal, Paulo Skaf, tem reforçado seu apoio ao governo de Jair Bolsonaro, exterminador de direitos trabalhistas, de empregos formais, que está arrasando com o serviço público e transformando o Brasil no paraíso dos rentistas.

Fórum Sindical e Popular aprova calendário unificado para 2020

Nos dias 14 e 15 de dezembro foi realizado em São Paulo o Seminário Nacional do Fórum Sindical, Popular e de Juventudes por Direitos e Liberdades Democráticas. Com o tema “Lutar unificados para avançar na reorganização e enfrentar o neoliberalismo”, o evento reuniu mais de 500 pessoas de vários estados do país e discutiram a conjuntura, o mundo do trabalho e o processo de reorganização da classe trabalhadora.

intersindical pará

Representantes dos Movimentos Sociais fundam a Intersindical no Pará

Com uma Plenária bastante representativa que contou com a participação de trabalhadoras e trabalhadores, representantes dos movimentos sociais, estudantes, desempregados e autônomos, de vários municípios do estado, foi oficialmente fundada no dia 12 de dezembro, no Hotel Ipê, em Belém (PA), a Intersindical Central da Classe Trabalhadora.

Governo Bolsonaro incentiva a violência, diz Policial Militar | Conjuntura em Movimento #15

Nesta semana conversamos com Amauri Soares, da Direção Nacional da Intersindical e Policial Militar da Reserva, sobre a intenção do governo Bolsonaro em aprovar o excludente de ilicitude (ou ‘licença para matar livremente’), ameaças de AI5 e segurança pública em tempos de bolsonarismo.

Resolução: Em defesa de empregos, dos serviços públicos, da democracia e da soberania nacional

No primeiro ano de governo da extrema direita o Brasil ficou mais desigual, excludente, violento e autoritário, aprofundando o desmonte do Estado, dos direitos sociais e da democracia com sua agenda ultraliberal. Após decretar o fim da aposentadoria do povo com a reforma da previdência que vai tungar quase R$ 5 trilhões da renda das

alteração estatutária da cassi

Intersindical não reconhece o resultado da alteração estatutária da CASSI

A promulgação do resultado da consulta de alteração do estatuto da CASSI, apreciada pelo corpo social da entidade entre os dias 18/11/2019 à 28/11/2019, ao não observar o texto do art. 73º do estatuto social que determina “Para aprovação de reforma estatutária […], é necessário o quorum de votantes de metade do total de associados registrado no último balancete mensal publicado, mais 1 (um) associado, e, destes, que no mínimo, 2/3 (dois terços) votem favoravelmente, não computados os votos em branco.” é um claro atentado a legalidade e a democracia na condução da CASSI.

Resolução da Intersindical: Nota de adesão ao Manifesto ‘A CASSI tem Solução’

Subscrevemos o Manifesto “A CASSI tem Solução” por representar uma solução para a CASSI aderente a esses princípios. Exigimos que a proposta acima seja objeto de apreciação da CASSI nos seus órgãos de governança, pois a governança da CASSI é COMPARTILHADA entre patrocinador e associados. A governança corporativa da CASSI tem obrigação de dar seu parecer pois o funcionalismo POSSUI a sua PROPOSTA!

AI-5 nunca mais: Centrais repudiam declarações de Eduardo Bolsonaro

O movimento sindical brasileiro repudia as declarações ameaçadoras do líder do governo Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em que advoga um novo AI-5 para reprimir as forças do campo democrático, popular e as lutas sociais. A fala covarde e irresponsável do filho do Presidente da República é mais uma “cortina de fumaça” utilizada pra tentar abafar as relações nada republicanas da família Bolsonaro com as milícias.

Intersindical recebe delegação sindical chinesa

A Intersindical recebeu nesta quarta-feira (23) uma delegação de sindicalistas chineses da província de Hubei, localizada no centro do país, com forte peso na produção industrial metalúrgica, automotiva e de produtos de alta tecnologia. O encontro teve como objetivo trocar experiências sobre a situação da classe trabalhadora e dos sindicatos nos dois países.

reintegração de psicóloga, hellen cristina de oliveira alves

Trabalhadores exigem reintegração de psicóloga servidora pública do IFPI

A INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA vem a público externar seu repúdio às ações arbitrárias e isoladas praticadas pela direção do Campus do IFPI de São Raimundo Nonato que, numa manipulação grosseira das normas internas e da legislação vigente, estão transformando processos administrativos disciplinares (PAD) em instrumentos de perseguição política de servidores e servidoras. Exemplo berrante dessa postura culminou com a demissão delituosa da servidora e dirigente sindical Hellen Cristina de Oliveira Alves.

defesa do meio ambiente

Greve Global Pelo Clima na defesa do meio ambiente, dos direitos e do emprego

Em diversas partes do mundo movimentos pró-clima, indígenas, movimentos sindicais e sociais, famílias e muitos jovens foram às ruas no último dia 20 em defesa do meio ambiente e contra o superaquecimento global. O assunto ganhou repercussão internacional após as queimadas da região amazônica serem veiculadas em todo o mundo.

DE BRAÇOS CRUZADOS: Balanço parcial da Greve Geral

DE BRAÇOS CRUZADOS: Balanço da Greve Geral

Metroviários, professores, químicos, bancários, petroleiros, metalúrgicos, servidores públicos, entre outros, aderem a greve geral. No fim do texto, acompanhe o que já rolou pelo país! O Brasil amanheceu de greve, nesta sexta-feira. De norte a sul do país, a classe trabalhadora enfrenta o desemprego e as ameaças de intimidação e realiza expressiva paralisação nacional em

Foi gigante o 30 de março - É hora de intensificar as mobilizações

Foi gigante o 30 de março

As ruas do Brasil foram ontem, dia 30,  novamente tomadas por milhares e milhares de pessoas contra os cortes de Bolsonaro na educação e na ciência. Nas mais diversas cidades do país, o que se viu foi muita disposição da juventude, grande maioria das manifestações, para fazer o governo recuar dos cortes e mudar a política adotada pelo MEC nos últimos meses.

Moção de repudio à codenação do prof. Aldo Santos

Moção de repudio à condenação do professor Aldo Santos e a criminalização dos movimentos sociais

A Intersindical vem a público para manifestar o seu repúdio diante da Injusta condenação do Professor Aldo Santos, ex-vereador por 16 anos em São Bernardo do Campo, presidente da APROFFIB, diretor da APROFFESP, militante sindical da APEOESP e do PSOL – reconhecido defensor dos direitos democráticos e das organizações sociais.

Dia 30 vai ser maior: pela educação e previdência públicas!

Dia 30 vai ser maior: pela educação e previdência públicas!

No próximo dia 30 de maio a juventude e os diversos setores da classe trabalhadora tomam, novamente, as ruas do Brasil para demonstrar sua disposição de defender a educação pública, sem cortes e sem censura, e de se somar na luta da classe trabalhadora em defesa da previdência pública e solidária.

15M: Multidões saíram pela educação e previdência | Intersindical

15M: Multidões saíram pela educação e previdência

O Brasil foi chacoalhado por milhões de pessoas nesta quarta-feira, Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Aposentadoria e da Educação Pública. Foi histórico. Teve a capacidade de unificar a classe trabalhadora, em particular o pessoal da educação e a juventude em defesa de dois direitos fundamentais: a educação pública e a previdência social.

greve da educação

Centrais e movimentos acertam encaminhamentos para Dia Nacional de Luta, em 15/05, e Greve Geral em 14/06

Em mais uma reunião unitária as centrais sindicais se encontraram com frentes de luta e movimentos sociais para debater as próximas mobilizações que incluem a paralisação da educação na próxima semana (15) e a preparação para a greve geral em 14 de junho.

DIEESE lança indicador que mede a condição de trabalho no Brasil

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE lançou nesta quinta-feira (25) o Índice da Condição do Trabalho – ICT. Este indicador foi desenvolvido pela equipe técnica da instituição e tem como objetivo acompanhar e analisar as condições do mercado de trabalho brasileiro, tendo como base a realidade laboral.

Por todo o país, milhares aderem à luta em defesa da Previdência

Por todo o país, milhares aderem à luta em defesa da Previdência

A resistência contra a “deforma da Previdência”, do governo Bolsonaro, começou a encorpar desde a última sexta-feira (22), com as mobilizações nacionais em defesa da aposentadoria. Foi um dia inteiro de atividades, com paralisações, panfletagens e atos de rua, marcando o primeiro protesto nacional contra a PEC, que foi apresentada em 20 de fevereiro.

Resolução de Balanço da Intersindical

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora é resultado de um longo processo, principalmente a partir de 2006 na batalha para reorganizar a nossa classe com base no classismo, com coerência e independência política frente a patrões, partidos e governos. Em 2014, realizamos o congresso nacional de fundação e em 2016, o primeiro Congresso da Central.

Resolução de Conjuntura Internacional

As crises simultâneas do capitalismo O período atual é marcado pela existência de crises simultâneas e interdependentes. Na dimensão econômica, uma crise estrutural, que teve um ápice em 2008 mas que persiste sem solução possível na esfera do capitalismo. Na dimensão geopolítica, é visível a formação de uma multipolaridade das relações internacionais e a crise

Dieese reforma da previdência

DIEESE e centrais iniciam Jornada Nacional de Debates sobre a PEC de Bolsonaro que quer acabar com aposentadoria

Às vésperas das manifestações em defesa da aposentadoria, que acontecem nesta sexta-feira (22), dirigentes sindicais se reuniram para lançar a 15ª Jornada Nacional de Debates do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), que se debruça sobre a Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019, a reforma previdenciária de Bolsonaro.

reforma da previdência pec 06-2019

15ª Jornada Nacional de Debates sobre a Reforma da Previdência Social, para debater a PEC 06/2019

Reforma da Previdência Social – PEC 6 15ª Jornada Nacional de Debates promovida pelo DIEESE e Centrais Sindicais sobre a Reforma da Previdência Social, para debater a PEC 6, que tenta acabar com o direito à aposentadoria e entregar a previdência social para os banqueiros. Vera Marchioni (Executiva Estadual da Intersindical) e Índio na mesa se lançamento da Jornada

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Os delegados e delegadas do 2º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora se solidarizam com a companheira Maria Valéria. Recebemos com surpresa a notícia do pedido de prisão da companheira, pleiteado pela Associação de Docentes da UFAL (ADUFAL) e pelo Sindicatos dos trabalhadores da UFAL (SINTUFAL), contra a reitora Maria Valéria e membros da sua gestão.

Declaração do Seminário Internacional e Plano de Ação FSM

Declaração do Seminário Internacional da Intersindical e Plano de Ação da FSM

Nos dias 13 e 14 de março de 2019 em São Paulo- Brasil, realizamos o Seminário Internacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora e Federação Sindical Mundial – FSM, com representações de delegações de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Nicarágua, Panamá, Peru, Uruguai, Venezuela, e do Escritório na América Latina e Caribe da FSM.

Governo faz propaganda para promover a divisão entre os trabalhadores públicos e privados

O juiz do Trabalho, Hugo Melo, demonstrou aos participantes do 2º Congresso Nacional da Intersindical a catástrofe que a Reforma da Previdência significará ao povo brasileiro e as estratégias que o governo tem usado para acabar com a aposentadoria pública.

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Coordenador da FSM Chile, o dirigente sindical Christian Zambrano falou sobre o sistema previdenciário de seu país à plenária do 2º Congresso da Intersindical – Central da Trabalhadora, neste sábado. Segundo ele, não é possível analisar o processo de privatização das aposentadorias sem destacar o golpe militar e o governo do ditador Augusto Pinochet, que “matou e fez desaparecer homens e mulheres e aniquilar o movimento sindical”.

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

O diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Clemente Ganz Lúcio, provocou o 2º Congresso da Intersindical com reflexões sobre os impactos da atual reestruturação produtiva do capitalismo (quarta revolução industrial) na atividade sindical.

Andreia de Jesus, da Intersindical/Brigadas Populares, fala de sua eleição como deputada estadual em MG

Andreia de Jesus, militante da Intersindical, das Brigadas Populares e primeira mulher negra eleita para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, fez uma breve saudação aos delegados e observadores do 2º Congresso Nacional da Intersindical reforçando a importância do trabalho de base.

Sônia Guajajara destaca relação entre defesa de território e autonomia das mulheres

A coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) Sônia Guajajara participou do 2º Encontro de Mulheres da Intersindical e falou das desigualdades de gênero, da aldeia à política institucional. Para ela, o combate ao machismo está diretamente ligado à luta por território. “A demarcação das terras indígenas segue a principal bandeira, porque a

Zilmar Alverita questiona a representação feminina nos sindicatos e centrais

Zilmar Alverita questiona a representação feminina nos sindicatos e centrais

Zilmar Alverita da Silva, filha de sem terra, de Salvador, abriu sua exposição destacando a força da mulher e seu pioneirismo, a partir da primeira greve geral no País, organizada por elas, em São Paulo, por conta do assédio sexual vivido pelas operárias na indústria têxtil em 1917. “Essa pauta ainda não é vista no

Dida Dias exige ver o feminismo representado de fato nos sindicatos

Dida Dias exige ver o feminismo representado de fato nos sindicatos

Aldenir  Dida Dias, do Coletivo Feminista Classista ‘Maria vai com as outras’, contou sua experiência no grupo da Baixada Santista, que abrange mulheres que não estão nos sindicatos, nem nos partidos políticos e conclamou os sindicalistas a darem o exemplo em suas próprias bases. “No meio sindical temos que trazer essas mulheres, negras e indígenas

Simony Cristina dos Anjos

‘Não dá para fazer revolução no Brasil sem os cristãos’, alerta Simony dos Anjos

Uma das exposições que mais chamou a atenção das participantes do 2º Encontro de Mulheres da Intersindical foi a de Simony Cristina dos Anjos, do coletivo das Evangélicas pela Igualdade de Gênero, colunista do site Justificando. A plateia presente não conhecia o trabalho da socióloga, negra e evangélica, que luta para interseccionar a esquerda junto

Thomaz Jensen, do DIEESE, fala sobre conjuntura na era do “trabalho pós-industrial”

Economista e técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Thomas Ferreira Jensen expôs dados e análises das conjunturas nacional e internacional, marcada pela “era do trabalho pós-industrial”. “Uberização”, flexibilização, precarização, informalidade, competitividade e maior senso de urgência e decisão dos trabalhadores são as marcas desse período. Jensen também destacou o avanço do

Jupiara Castro: “nascemos trabalhando e tivemos que arrombar portas para conquistar direitos”

Filha de comunistas, Jupiara Castro, do Núcleo de Consciência Negra da Universidade de São Paulo (USP), considera que começou a militar ainda na barriga de sua mãe e segue na ativa até hoje. Em sua trajetória, participou da fundação do Movimento Negro Unificado (MNU), do Partido dos Trabalhadores (PT) e, mais recentemente, do Partido Socialismo

‘Conhecimento é poder, por isso o ataque à educação pública’, alerta Inês Paz

Inês Paz, dirigente estadual da APEOESP/Intersindical, fez uma breve retrospectiva do desmonte da educação que os governos Temer e Bolsonaro vêm promovendo para favorecer a iniciativa privada e criar uma massa de excluídos sem poder de voz e de ação. “Anísio Teixeira, secretário da educação em 1947, já defendia a educação como instrumento para a

Marta Albarnoz Tapia

Marta Albarnoz conta a saga das trabalhadoras da alimentação escolar no Chile

A chilena Marta Albarnoz Tapia falou da experiência de construção da Federação Nacional das Manipuladoras de Alimentos (Fenama), fundada em 2014 e que hoje representa 18 mil trabalhadoras terceirizadas do Estado chileno, na mesa “América Latina pela perspectiva das mulheres” durante o 2º Encontro de Mulheres da Intersindical. “O desespero e a agonia por tanto

Top