fbpx

Carta aberta à população sobre a Greve dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Vinhedo (SP)

Todo ano, os trabalhadores do serviço público municipal de Vinhedo se reúnem para avaliar as possibilidades de melhorias de suas condições de trabalho e de valorização profissional. A partir de reuniões e assembleias, organizamos uma pauta de reivindicações que é apresentada à administração municipal.

Costumamos apresentar nossa pauta de reivindicações com bastante antecedência em relação à chamada data-base, que é o momento previsto para se encerrarem as negociações feitas todo ano entre Sindicato e Prefeitura. A data-base dos servidores públicos de Vinhedo foi estabelecida no início de maio.

A população da cidade tem direito a serviços públicos de qualidade. E a valorização do servidor público de Vinhedo é fundamental para que isso ocorra.
Entretanto, embora o governo Jaime Cruz tenha dito que os servidores merecem “respeito e atenção”, ele tinha proposto até quinta-feira passada que nosso reajuste salarial fosse de 3%. Esse índice representaria perda salarial, dado que a inflação foi de aproximadamente 9,7% no último ano (de acordo com o INPC). Diante da rejeição dos servidores a essa proposta, a Prefeitura propôs no final do dia 28/04 o reajuste no salário de acordo com a inflação do último ano.

Essa nova proposta representou uma importante conquista de nossa mobilização, mas ela não prevê que o conjunto de nossos rendimentos também não sofram perdas. De acordo com a proposta atual da Prefeitura, os recursos com que contamos para transporte e alimentação sofrerão as perdas inflacionárias do último ano.

O governo Jaime, desde o início da campanha salarial deste ano, tem divulgado que deveríamos ter perdas em nossos rendimentos, alegando dificuldades econômicas.
Mas nos perguntamos: por que diante dessas dificuldades o governo gastou tanto dinheiro na Festa da Uva? O que o governo Jaime fez com os recursos que vinham sendo utilizados para pagar um 14o salário aos servidores e que deixaram de ser comprometidos com essa finalidade a partir de 2015?

Entendemos que o serviço público de qualidade tem que ser prioridade e que o problema atual não é de falta de recursos, mas de falta de vontade política. Não podemos aceitar que um governo com ambições de se reeleger queira acostumar os trabalhadores do serviço público a perdas em seus rendimentos. Por isso, convidamos toda a população a abraçar essa luta contra a desvalorização dos servidores públicos de Vinhedo. Essa greve é fundamental para continuarmos nossa luta por um serviço público de qualidade na cidade.

Só a luta muda a vida!

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top