Bernadete ferreira: “quando o campo e a cidade se unir, a burguesia não vai resistir”

Bernadete ferreira: “quando o campo e a cidade se unir, a burguesia não vai resistir”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Mulher negra, baiana, ialorixá e camponesa assentada da reforma agrária, Bernadete Ferreira é liderança da Intersindical e da Central Estadual das Associações das Comunidades Tradicionais, da Agricultura Familiar e Campesina da Bahia (Cecaf).

Ela participou do 2º Encontro de Mulheres da Intersindical e destacou a importância da central representar os povos do campo e trabalhadores e trabalhadoras rurais. “Quando o campo e a cidade se unir, a burguesia não vai resistir”.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail em nossa newsletter.

Ferreira ainda dialogou sobre o machismo, o racismo e intolerância religiosa, que atinge de forma violenta o cotidiano do povo negro praticamente das religiões de matriz africana.

Texto: Matheus Lobo
Foto: Nelson Ezídio


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

facebook intersindicalYouTube intersindical

Instagram intersindical

Twitter intersindical

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail em nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários