fbpx

Bernadete ferreira: “quando o campo e a cidade se unir, a burguesia não vai resistir”

Mulher negra, baiana, ialorixá e camponesa assentada da reforma agrária, Bernadete Ferreira é liderança da Intersindical e da Central Estadual das Associações das Comunidades Tradicionais, da Agricultura Familiar e Campesina da Bahia (Cecaf).

Ela participou do 2º Encontro de Mulheres da Intersindical e destacou a importância da central representar os povos do campo e trabalhadores e trabalhadoras rurais. “Quando o campo e a cidade se unir, a burguesia não vai resistir”.

Ferreira ainda dialogou sobre o machismo, o racismo e intolerância religiosa, que atinge de forma violenta o cotidiano do povo negro praticamente das religiões de matriz africana.

Texto: Matheus Lobo
Foto: Nelson Ezídio


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top