BB: gerentes são descomissionados em SP e medida gera insegurança entre bancários

BB: gerentes são descomissionados em SP e medida gera insegurança entre bancários

BB gerentes são descomissionados em SP e medida gera insegurança entre bancários

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Dez trabalhadores foram descomissionados em um único dia. Medida aponta que, mesmo após a reestruturação, as práticas que geram insegurança e pressão no trabalho aumentaram.

Desde o início do processo de reestruturação do Banco do Brasil, em novembro do ano passado, com fechamento de agências, redução dos postos de trabalho, aumento da sobrecarga e piora da qualidade de atendimento, funcionários do banco vivenciam ameaças de descomissionamento, uma postura arbitrária e autoritária do banco. Na sexta-feira, 15, em São Paulo, dez gerentes foram descomissionados em apenas um dia, dos quais sete eram gerentes gerais de agências e três gerentes de conta.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

“Sabemos que não há um desenho completo em relação ao resultado do processo de reestruturação do Banco do Brasil e a ausência de transparência causa ainda mais a insegurança”, afirma Goretti Barone, diretora do Sindibancários/ES. Segundo ela, o Banco do Brasil vem rebaixando funcionários e desrespeitando clientes desde quando apresentou seu projeto de reestruturação, com as medidas de incentivo a demissões voluntárias e a criação de agências 100% digitais, entre outras que demonstram a continuidade dessa reestruturação.

A decisão de descomissionar dez gerentes de agências bancárias de São Paulo foi divulgada pelo Sindicado local nesta segunda-feira, 18. A medida foi tomada pela Superintendência Capital e as regionais, com aval da Gepes (Gestão de Pessoas), e sem diálogo com os trabalhadores atingidos. A diretoria do Sindicato de São Paulo classificou a postura do banco como “uma política de terror”, que permanece mesmo após a reestruturação pela qual passou o banco, há cerca de seis meses.

“Estamos cientes do assédio moral e da pressão pelo cumprimento de metas no Banco do Brasil. Isso pode ser verificado nas cobranças feitas aos bancários em audioconferências ou em mensagens de via whatsapp. Mas o Sindicato vai denunciar e tomar outras providências, sobretudo se houver descomissionamento, como ocorreu em São Paulo”, assegura Goretti, dirigente do Sindibancários.

Números da reestruturação

Nacionalmente, o processo de reestruturação do BB resultou no fechamento de 700 agências e a intenção do banco é reduzir 18 mil funcionários até o fim de 2018 – meta parcialmente alcançada com o lançamento do Plano de Aposentaria Voluntária, ainda no início de 2017. Em Vitória, foram fechadas as agências Rio Branco e Moscoso. Os clientes dessas unidades foram transferidos sem consulta prévia para as agências mais próximas ou para agências digitais. Antes mesmo dessa reestruturação já haviam sido fechadas as agências Vale e Praia do Suá.

Além disso, vários cargos foram extintos e outros reduzidos, como é o caso dos supervisores de atendimento, gerente de relacionamento do atendimento e assistentes de negócios. Além da piora nas condições de trabalho para os bancários do BB, um dos resultados desse processo de reestruturação é que, no primeiro trimestre de 2017, o Banco do Brasil ocupou o 1º lugar na lista de reclamações do Banco Central.

Fonte: Sindicato dos Bancários do Espírito Santo


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários