fbpx

Banco do Brasil impõe metas aos caixas

Banco do Brasil impõe metas aos caixas

Como parte da ‘desestruturação’ implantada no governo golpista Temer, a diretoria do Banco do Brasil lançou metas para os caixas. Eles estão sendo obrigados a vender Ourocap (título de capitalização) e fazer oferecer empréstimos aos clientes. O Sindicato dos Bancários de Santos e Região vai organizar os funcionários e tomará as medidas cabíveis

Os caixas do Banco do Brasil estão sendo pressionados a oferecer empréstimos e vender título de capitalização como parte de metas a serem cumpridas. Agora, além de cuidar das atribuições próprias, o BB quer impor metas. Caixa tem outras atribuições e não vendas.

A venda de produtos sobrecarrega e prejudica o caixa no exercício de suas tarefas. Ser caixa exige muita responsabilidade em transações de dinheiro, créditos, débitos, datas, porcentagens e quase tudo do setor financeiro do banco. Caso a conta não feche no final de cada dia, ele é obrigado a pagar do próprio bolso.

Além disso, o banco na medida que impõe metas de vendas a caixas, extingue convênios que permitiam a clientes e usuários pagar contas como água, luz e gás, e mais recentemente, IPTU e boletos do Detran prejudicando clientes e funcionários.

O governo do golpista Temer já fechou mais de 500 agências do BB em todo o país e extinguiu 9,9 mil postos de trabalho no período de um ano (entre março de 2016 e março de 2017). É fundamental que os funcionários estejam unidos, organizados e mobilizados na defesa do banco, de seus direitos e de seus empregos. “Vamos analisar as denúncias e, em caso afirmativo, organizar os funcionários e tomar medidas cabíveis contra mais esta exploração da reestruturação”, afirma André Elias, diretor do Sindicato e funcionário do BB.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top