fbpx

Bancários de Santos paralisam agência infestada de ratos

Bancários e diretores do Sindicato dos Bancários de Santos e Região paralisaram, nesta quinta-feira (30/07), a unidade do Banco do Brasil (BB) da Vila Mathias, na Av. Senador Feijó, 424, em Santos/SP, por más condições estruturais e de trabalho, a partir das 7h30.

Conforme a diretoria do Sindicato, uma negociação sobre o valor do aluguel, entre o banco e o dono do imóvel, paralisou as obras na agência que estava com o teto desmoronando, funcionários trabalhando com forte odor de mofo, banheiros sem água nas pias, corredores inundados quando chove e a companhia de ratazanas e baratas.

“A paralisação das obras deixou aberturas na parede e no teto por onde entram ratos e baratas que circulam livremente pela unidade colocando em risco a saúde de funcionários e clientes. O problema tem que ser solucionado emergencialmente”, ressalta Eneida Koury, funcionária do BB e Secretária Geral do Sindicato. Eneida fez a denúncia na Ouvidoria Municipal da Saúde, que irá encaminhar a Vigilância Sanitária de Santos. Mas explicou que os bancários não têm condições de esperar pela fiscalização que pode demorar mais de 30 dias.

Para chamar a atenção da população ao descaso do banco, a diretoria do Sindicato colou cartazes em alusão a ratos e baratas e colocou baratas e ratos (de plástico) no auto atendimento.

Agência já tinha sido paralisada em 18/5

A agência foi paralisada em 18 de maio deste ano pelos mesmos problemas. Na época, a diretoria fechou a unidade até a obra estrutural iniciar. Agora, foi novamente paralisada por conta de uma discussão entre a diretoria do Banco do Brasil e o proprietário do imóvel sobre o valor do aluguel expondo a saúde dos bancários e clientes em risco.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top