Bancários acampam na orla de Santos contra o Desmonte da Previdência

Bancários acampam na orla de Santos contra o Desmonte da Previdência

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Como parte do calendário de luta da Frente Sindical Classista da Baixada Santista contra o Desmonte da Previdência e a “Reforma Trabalhista” pretendida pelo governo ilegítimo de Temer, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora e a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, em conjunto com integrantes de vários sindicatos e associações de trabalhadores, montaram acampamento, dia 15/3, de frente à praia, no Gonzaga (posto 4), em Santos/SP, onde moram vários políticos da região, para pedir que os deputados federais da Baixada Santista: Beto Mansur, João Paulo Tavares Papa e Marcelo Squassoni  não aprovem o Desmonte da Previdência que acaba com a aposentadoria dos trabalhadores.

Foram armadas nove barracas (sendo uma para simular o tempo para aposentadoria dos trabalhadores caso aprovem 49 anos de contribuição), utilizados equipamento de som, 3  faixas, cartazes e 4 banners para chamar a atenção da população. O acampamento teve início às 14h e término às 22h, depois de uma assembleia que deliberou a continuidade do movimento na Pça. Mauá, em frente da Prefeitura de Santos, dia 16/3.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Este brutal ataque aos direitos de quem trabalha tem o objetivo de jogar a conta da crise para os trabalhadores e alimentar os lucros das empresas, além de desviar o dinheiro da Previdência para pagamento da dívida pública aos bancos. “O governo manipula o deficit no INSS, o rombo é fictício. Os únicos que serão beneficiados pelo desmonte da Previdência são os empresários, banqueiros e grandes ruralistas”, diz Eneida Koury, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

Na manhã do dia 15 teve paralisação da Refinaria Presidente Bernardes

A Intersindical e a diretoria do Sindicato também participaram da paralisação, junto com o Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista, da Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão desde às 6h, em Cubatão, dia 15/3. Às 10h da manifestação dos servidores do judicial estadual nas escadarias do Fórum, às 12h do Ato na Pça. Mauá.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários