fbpx

Assembleia Geral dos Guardas Municipais de Fortaleza dia 28/7, às 8h, na Praça da Bandeira

Em assembleia geral no último dia 23, os guardas municipais de Fortaleza decidiram suspender a paralisação e manter o estado de greve. Também deliberam pela assembleia geral nesta quinta-feira (28), às 8h, seguida de ato pelo direito à greve e por melhores condições de trabalho e segurança, na Praça da Bandeira.

Em retaliação, a direção da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) transferiu guardas de inspetorias e ameaçou instaurar processos administrativos contra os servidores que estão à frente da luta. Ao invés de abrir a negociação com os trabalhadores, a direção da guarda e a Prefeitura Municipal de Fortaleza fizeram de tudo para impedir o livre direitro de mobilização da categoria.

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais de Fortaleza (Sindifort) e sindicatos específicos dos guardas seguem à frente da luta e realizam para reivindicar, entre outros pontos, a distribuição dos equipamentos de trabalho indispensáveis à segurança dos servidores e a garantia de formação, capacitação e treinamento para o processo de armamento, como estabelece a legislação.

Além disso, exigem o aumento do quadro efetivo de servidores por meio de convocação dos aprovados no último concurso, que se encontram acampados há mais de 100 dias em frente ao gabinete do prefeito. Os guardas municipais também pleiteiam a assinatura de convênio com a Polícia Federal.

Serviço:

  • Assembleia geral dos servidores de carreira de segurança pública da Guarda Metropolitana de Fortaleza (GMF)
  • 28/07, quinta-feira, às 8h, na Praça da Bandeira (Fortaleza / CE)

Sindifort 0002

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top