Aposentadoria une o povo. Se votar, vamos parar!

Aposentadoria une o povo. Se votar, vamos parar!

Temer e Rodrigo Maia, em conluio com banqueiros e a mídia, patrocinam o fim da aposentadoria pra semana que vem. A votação pode acontecer no dia 13/12, ainda que a data não esteja completamente definida.

Diante de tamanha gravidade, a Intersindical considera que os/as trabalhadores/as, as centrais, seus sindicatos, associações, movimentos e aliados indiquem o dia 13 para realização de grandes mobilizações e greves. Parar o Brasil, pressionar os deputados e impedir o fim da aposentadoria. Assim como a Greve Geral de 28 de abril, é necessário mobilizar o descontentamento popular e barrar o desmonte da aposentadoria.

A indicação hoje da luta para o dia 13 não resulta ignorar a movimentação do governo, podendo ser antecipada se a votação acontecer no dia anterior. Por outro lado, é URGENTE a realização de uma reunião nacional do conjunto das centrais, seguida de plenárias nos Estados, regiões, ramos e categorias.

Depois de conceder R$ 1 trilhão para grandes petroleiras estrangeiras, Temer e o congresso avançam sobre os direitos do povo. Ao tempo em que preserva privilégios e garante interesses do rentismo, a proposta do governo significa o fim da aposentadoria, atingindo mulheres e homens de todas as categorias. Dos trabalhadores nos transportes, nos serviços, operários, servidores públicos e praticamente todo o pessoal da iniciativa privada, com contrato formal ou precário.

Essa mobilização unitária exige também redobrar a pressão sobre os deputados. É pressão total, nos aeroportos, nas redes sociais, nos escritórios e nas bases eleitorais. Que fique registrado: quem votar a deforma, não volta pra Câmara.

Com muita unidade, sem açodamento ou vacilação, as centrais sindicais e as demais entidades e movimentos devem, desde já, indicar o caminho e organizar a luta. A aposentadoria une o povo trabalhador. E o andar de cima sabe disso. Por isso, tantas manobras, mentiras e manipulação, além do balcão de negócios com compra e venda de votos dos parlamentares.

Parar a circulação, a produção e os serviços. Em defesa da aposentadoria. Em defesa dos direitos. Chega de desmonte!

São Paulo, 06 de dezembro de 2017
Direção Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

*

Top