Aposentadoria na mira: governo pretende retomar ataques à previdência

Aposentadoria na mira: governo pretende retomar ataques à previdência

Aposentadoria na mira governo pretende retomar ataques à previdência

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Aposentadoria na mira

A população brasileira precisa ficar atenta. A mando dos banqueiros e grandes empresários, Temer prepara sua base de apoio no Congresso para retomar as votações da reforma da previdência e o pacote de privatizações.

Apesar de estar absolutamente envolvido nas falcatruas com grandes empresários, éter de responder todo dia sobre os desmandos, Temer sabe que sua estada à frente da presidência depende de desmontar os direitos sociais para agradas ao capital financeiro.  

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Na verdade, a reforma da previdência só não foi retomada ainda porque o governo e o Congresso não conseguiram resolver os termos da reforma política, coisa que pode minimamente acontecer essa semana.

Por outro lado, desde o ano passado, a grande maioria da população demonstrou profunda oposição à reforma da previdência. Ficou muito claro que o objetivo do governo, da mídia (como a Rede Globo) e dos banqueiros é acabar com o direito à aposentadoria dos trabalhadores/as para que sobre mais dinheiro no orçamento para pagar juros aos agiotas do sistema financeiro.

“Precisamos retomar a ampla unidade do movimento social para impulsionar grandes mobilizações. Sabemos que não adianta ficar esperando por negociações com esse governo. Não podemos mais adiar a retomada da unidade e das mobilizações unitárias”, alerta Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical.

Além de estabelecer idade mínima e aumentar o tempo de contribuição, entre outros absurdos para o acesso à aposentadoria, Temer visa enfraquecer a previdência pública para depois entregar aos bancos privados. Basta lembrar que uma das principais consequências da recente reforma trabalhista votada no congresso já vai excluir milhões de pessoas do acesso à aposentadoria.


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários