Anjuli Tostes: Dia 5/12 é GREVE NACIONAL!

Anjuli Tostes Dia 5-12 GREVE GERAL INTERSINDICAL

Anjuli Tostes: DIA 5/12 É GREVE!

A Auditora Federal da CGU e militante da Intersindical Central da Classe Trabalhadora​ e das Brigadas Populares​, Anjuli Tostes, mandou o recado após a reunião das minorias, na Câmara dos Deputados​, que ocorreu na tarde desta terça-feira (28):

“Estão querendo colocar essa conta nas costas dos trabalhadores. Não vamos aceitar, não vai ter sossego. Deputadas e Deputados que querem aprovara a Reforma da Previdência, se preparem, DIA 5/12 TEM GREVE NACIONAL!”


Previdência Social, saiba mais:

 Reforma da Previdência Social: Leia o relatório final da CPI


Anjuli ressaltou que R$ 343 bilhões já foram perdoados no Programa de Recuperação Fiscal (Refis).

Além deste valor, ainda há mais R$ 1 trilhão que está previsto para ser perdoado às petroleiras.

O Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) também tem previsto mais R$ 16 bilhões que os produtores rurais deixarão de pagar de verbas previdenciárias.

“Nós não vamos dar sossego! Essa Reforma da Previdência Social é inaceitável, é um insulto ao povo brasileiro”, disse Anjuli.

Vídeo da entrevista com a Auditora da CGU, Anjuli Tostes

Jornal esclarece a Reforma da Previdência Social

Nesta terça-feira, também, a Intersindical lançou um jornal esclarecendo diversos pontos de como o governo golpista de Michel Temer que acabar com nosso direito a aposentadoria. Para ler o jornal, clique aqui.

Não tem DÉFICIT. É MANIPULAÇÃO!

O governo golpista de Temer e a grande mídia MENTEM! A Previdência Social não tem déficit ou rombo nas contas.

Recente CPI presidida pelo Senador Paim sepultou a mentira dos que querem entregar a previdência para os bancos.

O governo esconde que a Constituição de 1988 definiu diversas fontes de recursos para a seguridade social, como da Cofins, da Contribuição sobre o Lucro Líquido, do PIS e da loteria federal. O governo precisa é cobrar os grandes empresários e deixar de desviar os recursos da seguridade social.

Servidores públicos são mais afetados

O teto do INSS passa a valer também para os servidores públicos. Este ataque soma-se a inúmeros outros ataques do governo, como corte dos reajustes, fim da estabilidade no emprego, terceirização irrestrita, fim dos concursos públicos.

Enquanto isso, os verdadeiros privilegiados – que recebem acima do teto constitucional, os rentistas, especuladores, banqueiros – , continuarão mamando nas tetas do governo golpista. 

Compartilhe as informações

Para que todos saibam se unam à luta contra a aprovação da Reforma da Previdência Social é preciso que compartilhemos as informações em nossas redes.

Além de ser muito simples, é um modo eficaz de fazer com que todas e todos saibam o que está acontecendo.

É hora de ampliar e mobilização contra a Reforma da Previdência!

Aposentadoria fica e DIA 5/12 É GREVE!


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

*

Top