fbpx

A todas entidades de trabalhadores, estudantis e movimentos sociais Nota de repudio – Não à criminalização

Os trabalhadores em Educação do município de São Paulo filiados ao Sindicato dos profissionais em educação (Sinpeem), sindicato presidido pelo Sr. Claudio Fonseca que também é vereador da base de apoio do governo Kassab pelo PPS, estão sofrendo duros ataques aos seus direitos, com a reestruturaçã o da carreira baseado na meritocracia, terceirização de vários serviços, arrocho salarial, péssimas condições de trabalho etc.

Enquanto isso o presidente do sindicato por ser da base governista se orgulha em dizer que as negociações estão indo muito bem e tudo tem feito para defender os direitos, tudo tem feito também para evitar qualquer enfrentamento com o governo Kassab.

Em assembléia no dia 30 de Abril em frente a Secretaria de gestão, o presidente do sindicato não acatou a decisão da categoria que aprovou a continuidade da luta, impediu as solicitações de questão de ordem dos dirigentes d e oposição, desligou e arrancou o microfone para calar aqueles que queriam se manifestar, tal postura gerou a indignação de centenas de presentes que chegaram a exigir a renúncia do presidente governista . E assim que age este sindicalista em todas as atividades do sindicato, quando há manifestações contraria a sua posição ou crítica ao governo, ele desliga o microfone e ainda retruca cada um que fala com calúnias e difamação.

Agora este que se orgulha em dizer que está com o governo Kassab, tenta calar a oposição com abertura de inquérito policial contra vários militantes (todos da oposição) por terem se indignado com a postura anti democrática que teve na assembléia. Por isso pedimos a todas entidades classistas, de luta o apoio aos trabalhadores que estão sendo perseguidos o repúdio a postura anti democrática do presidente do sindicato e a exigência da retirada das denúncias contra os trabalhadores.

 

Trabalhadores da educação em luta!!
Unidade da oposição!!!

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top