A Intersindical chama à Defesa dos Serviços e Trabalhadores Públicos Brasileiros

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

Apoio à Greve dos Servidores das Universidades e Institutos Federais

Os Servidores Públicos padecem com um quadro de injustiças proporcionadas pela falta de políticas que respondam por salários e condições adequadas de trabalho, e condições de infraestrutura, recursos e meios que sejam capazes de garantir as funções públicas que exercem. Além de faltar recursos para investimentos básicos nos órgãos onde trabalham, os servidores têm sido vítimas de contínuas retiradas de direitos e os salários não têm sido devidamente reajustados.

O gasto com pessoal passou nos últimos 20 anos de 5,5% do PIB para em torno de 4%, em uma significativa queda. Esta condição desmente o falacioso debate de que os servidores públicos são os responsáveis pelos déficits nas contas públicas, quando na realidade o rombo das contas está na dívida pública, na distribuição dos recursos públicos, nas políticas de interesses particulares e nas corrupções que perpassam governos.

Nunca os servidores públicos foram tão atacados por um Governo. A falta de dinheiro e a política de ajuste fiscal do governo federal é a maior desculpa para congelar o salário dos servidores públicos, sendo que mais 40% do orçamento é destinado ao pagamento de uma suposta dívida pública enquanto os serviços públicos são péssimos.

Os trabalhadores públicos hoje, em sua maioria, recebem salários menores que os trabalhadores nas empresas privadas, sem Fundo de Garantia para comprar a casa própria ou retirar na aposentadoria; sem Legislação e Política de Saúde e Segurança no Trabalho, com a Previdência privatizada para os novos Servidores, com ameaça forte de desvincular aposentados dos trabalhadores que estão na ativa, onde garantia de emprego se tornou apenas compensação por uma relação de trabalho exploradora, que não paga nossos esforços.

A Intersindical apoia a decisão dos Servidores Públicos das Universidades Federais de deflagrarem Greve se não houver negociação e atendimento de suas demandas. Desta forma encaminha o apoio à Pauta dos Servidores Públicos por Política Salarial e Data Base.

Chega de usar o dinheiro público em corrupção para se manter no poder e beneficiar empresários; dinheiro público é para serviços públicos. Queremos auditoria da dívida pública para pagar somente o que é devido.

Queremos reajuste de salário para o serviço público e jornada de 6 horas para todos os trabalhadores, para que possam prestar o serviço como os cidadãos merecem. Servidor público valorizado é cidadão respeitado.

Contra o cortes de verbas nas Universidades, por mais investimento. Apoio irrestrito as greves de terceirizados, pelo fim da terceirização com a retomada dos concursos públicos.

Queremos investimento na educação.

Queremos contrapartidas em serviço público já que nossa carga tributária é enorme. Reforma Tributária já!

Todo apoio à Greve das Universidades e Institutos Federais!!

Postagens Relacionadas

*

Top