RS: 11 de novembro é marcado por manifestações e truculência da PM

Na manhã desta sexta-feira (11) a ASSUFRGS participou de uma série de manifestações contra a PEC 55, em diferente pontos de Porto Alegre. Ocorreram trancaços nas principais avenidas da cidade, como Ipiranga e Osvaldo Aranha além de avenidas nas imediações do Campus do Vale e Campus Centro da UFRGS. 

A Brigada Militar usou de truculência contra o movimento pacífico de estudantes e servidores na Sarmento Leite, ferindo alguns companheiros com bala de borracha.  Um profissional da imprensa local, cinegrafista da Band TV, ficou ferido no rosto.

A ação descabida da força policial também foi vista no Campus do Vale onde a Força Nacional teria tentado invadir o espaço da universidade para tirar à força os estudantes das ocupações. A ASSUFRGS está averiguando o caso, mas já trabalha junto com estudantes e servidores para tomar as medidas jurídicas e politicas necessárias diante desta possível ameaça à autonomia da Universidade. Repudiamos a agressividade da polícia contra estudantes e servidores públicos!

No início da tarde ocorreu concentração em frente à FACED onde técnicos, docentes e estudantes se uniram para uma caminhada nas ruas do centro de Porto Alegre. Durante a marcha foram distribuídos para a população panfletos conscientizando sobre as consequências negativas da PEC 55. 

O ato encerrou no Palácio Farroupilha, onde ocorreu no Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa uma Audiência Pública sobre os impactos da PEC 55 na Educação Pública.

*

Top